Arrow

PRESSIONE o botão PLAY para reproduzir a rádio, caso não toque automaticamente. Estamos em fase de testes...




Rússia sai de tratado nuclear firmado na época da Guerra Fria

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 5 de março de 2019 - 0 Comentários


O presidente russo, Vladimir Putin, assinou 1 decreto, nesta 2ª feira (4.mar.2019), que retira a Rússia do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, firmado na época da Guerra Fria com os Estados Unidos.

A atitude vem como retaliação ao país de Donald Trump. O republicano anunciou, em fevereiro, que retiraria os EUA do tratado por conta de violações de Moscou. De acordo com o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, a Rússia teria até agosto para provar de forma “real e verificável” que cumpre o tratado.

Putin negou que estivesse violando o acordo. Mas Washington não retornou da forma esperada –voltando atrás da posição que retiraria os EUA do acordo– e Putin saiu do tratado.

“Dada a necessidade de tomar medidas urgentes seguindo a violação das obrigações dos Estados Unidos sob o tratado, assinado pela União Soviética e pelos Estados Unidos em 8 de dezembro de 1987. O compromisso da Rússia com o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário está, de agora em diante, suspenso até que os Estados Unidos se manifestem sobre a violação das obrigações sob o tratado ou até o tratado ser revogado”, afirmou o Kremlin.

O tratado foi firmado em 1988. Abrange mísseis de curto e médio alcance. Nos últimos 30 anos, os Estados Unidos acusaram veementemente a Rússia, afirmando que o Kremlin estaria violando frequentemente o tratado.

O presidente russo afirmou, ainda, futuros planos com armas nucleares para serem usados também localmente. “O país terá de desenvolver e instalar armas que podem ser usadas não apenas contra áreas das quais uma ameaça direta virá, mas também contra territórios onde estão localizados centros de decisão”.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar