Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Cidadãos, vereadores e dirigente da Embasa discutem crise da água

Por: Ed Santos - terça-feira, 23 de outubro de 2018 - 0 Comentários

O objetivo da mobilização para que os direitos agua  sejam respeitados. 



Itiruçu, cidade com pelo menos 10 mil habitantes, mais de 4 mil domicílios, mas apenas 30 a 40 pessoas compareceram a mobilização convocada contra o desabastecimento de água em Itiruçu. 


O objetivo da mobilização organizado por Nivalda e membros da AAMACS (Associação de Artesãos Mãos que Constroem Sonhos) e Irineu Amorim foi apelar para que os vereadores busquem em conjunto com a comunidade uma ação junto ao MP e a Justiça, para que os direitos sejam respeitados. O vereadores presentes Nino, Jó de Ju, Ito do Feto, Ezequiel Borges, Paulo Ézio, Robertão e Duda de Zilí compareceram à sessão especial que teve seus protocolos quebrados para permitir que os manifestantes expressassem sugestões e questionamentos, ao Chefe Local da Embasa senhor Murilo, que também esteve presente no encontro.
Murilo esclareceu duvidas sobre perfurações de poços artesianos e de como a pessoas que ficou sem água e conseguir provar que não teve abastecimento por mais de 25 dias tem direito ter o valor da conta zerado. Ele nos falou ainda que o abastecimento da cidade está sendo feito com pouco mais de 1/3 do necessário, bem abaixo do ideal para suprir as necessidades. 
Também foi falado do novo formato de abastecimento por zonas: dois reservatórios, sendo um no alto do cemitério no Bairro do Cruzeiro e outro no alto do Bairro Santo Antônio que hoje atua para áreas distintas do município. Com a nova forma haverá alternância de dias e assim os dois reservatórios concentrará a distribuição para uma mesma zona, depois fecha para aquela e abre para a outra zona. Ou seja será feito zoneamento, Segundo Murilo, chefe local da estatal. Ele diz ainda que a medida fará com que a água flua mais forte sendo assim suficiente para atender localidades onde antes tinha dificuldade. Haverá também a trocas tubulações e de junções.

Os vereadores apresentaram ações oficiadas que pedem soluções a Embasa, inclusive se comprometeram a representar a sociedade na justiça, e ainda sobre uma audiência pública com chefe regional da Embasa, assim que passar as eleições.

Eles comentaram sobre uma lei aprovada pelos edis e sancionada pela prefeita que isenta do pagamentos os consumidores em Itiruçu pelos dias que não teve água.

Os manifestantes portavam cartazes como queremos água! Temos sede!, Preciso Tomar Banho!. O protesto foi pacifico e buscou chamar atenção para a sensibilidade das autoridades responsáveis que solucione o problema que já se arrata por mais de 15 anos, e  que só tem piorado com o avanço do aquecimento global. Em Itiruçu tem bairros que moradores se queixam de  mais de 35 dias sem abastecimento. A situação é mais critica na zona rural onde relato de moradores já falam de até 60 dias sem abastecimento. A barragem que antes abastecia os municípios de Lajedo do Tabocal e Itiruçu já colapsou há dois meses.














Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE