Uma floreira ecológica para “civilizar” o xixi na rua - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Uma floreira ecológica para “civilizar” o xixi na rua

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 14 de agosto de 2018 - 0 Comentários

Criado pela empresa francesa Faltazi, o Uritrottoir é uma floreira criada para cidades que sofrem com quem faz xixi na rua



Paris está tentando inovar quando o assunto é combater o xixi na rua ou les pipis sauvages. A capital francesa parece ter encontrado uma solução cheirosa para o problema e um tanto criativa: instalou duas floreiras para xixi, batizadas de Uritrottoir, nas proximidades da Gare de Lyon. O equipamento nada mais é do que uma caixa cheia de areia, serragem ou algo similar. O xixi que entra ali é absorvido por esse material que, mais tarde, pode ser usado em compostagens e adubagem de jardins públicos. Para perfumar o local, em cima da caixa, um outro recipiente é encaixado, cheio de plantinhas cheirosas como a lavanda. Elas fazem do Uritrottoir um xixizódromo disfarçado de floreira e, de quebra, ajudam a dar aquela privacidade mínima ao cidadão desavergonhado.

A ideia é de uma empresa de design industrial francesa localizada na cidade de Nantes, chamada Faltazi, e parece ter convencido a prefeitura de Paris a ponto de, pelo menos, merecer um teste numa das principais estações de transporte da capital francesa. Há modelos de canto, em formato de retangular (com capacidade de 240 litros ou 600 xixis), de trapézio (com capacidade para 110 litros), e quadrado (120 litros). Segundo entrevista dos criadores do Uritrotttroir ao Le Parisien , cada peça custa entre 2,5 mil euros e 3 mil euros e resistência para durar muitos anos.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores