Uma floreira ecológica para “civilizar” o xixi na rua - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Uma floreira ecológica para “civilizar” o xixi na rua

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 14 de agosto de 2018 - 0 Comentários

Criado pela empresa francesa Faltazi, o Uritrottoir é uma floreira criada para cidades que sofrem com quem faz xixi na rua



Paris está tentando inovar quando o assunto é combater o xixi na rua ou les pipis sauvages. A capital francesa parece ter encontrado uma solução cheirosa para o problema e um tanto criativa: instalou duas floreiras para xixi, batizadas de Uritrottoir, nas proximidades da Gare de Lyon. O equipamento nada mais é do que uma caixa cheia de areia, serragem ou algo similar. O xixi que entra ali é absorvido por esse material que, mais tarde, pode ser usado em compostagens e adubagem de jardins públicos. Para perfumar o local, em cima da caixa, um outro recipiente é encaixado, cheio de plantinhas cheirosas como a lavanda. Elas fazem do Uritrottoir um xixizódromo disfarçado de floreira e, de quebra, ajudam a dar aquela privacidade mínima ao cidadão desavergonhado.

A ideia é de uma empresa de design industrial francesa localizada na cidade de Nantes, chamada Faltazi, e parece ter convencido a prefeitura de Paris a ponto de, pelo menos, merecer um teste numa das principais estações de transporte da capital francesa. Há modelos de canto, em formato de retangular (com capacidade de 240 litros ou 600 xixis), de trapézio (com capacidade para 110 litros), e quadrado (120 litros). Segundo entrevista dos criadores do Uritrotttroir ao Le Parisien , cada peça custa entre 2,5 mil euros e 3 mil euros e resistência para durar muitos anos.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS