Governo amplia rede de oncologia em Vitória da Conquista. - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Governo amplia rede de oncologia em Vitória da Conquista.

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 23 de agosto de 2018 - 0 Comentários

A rede de oncologia do interior do estado será ampliada com a abertura do primeiro serviço público estadual de radioterapia, na cidade de Vitória da Conquista.


A ordem de serviço para a construção e implantação da radioterapia no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), foi assinada nesta quinta-feira (23) pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas e por representantes do Ministério da Saúde, com início imediato das obras. A unidade entra em operação em setembro de 2019. Serão investidos cerca de R$9 milhões entre obras e equipamentos.
Por ano, o acelerador linear tem capacidade para realizar 43 mil sessões de radioterapia. O serviço será referência para pacientes oncológicos da região Sudoeste da Bahia. Quando não é possível obter a cura, a radioterapia pode contribuir para a melhoria substancial da qualidade de vida do paciente. As aplicações diminuem o tamanho do tumor, o que alivia a pressão, reduz hemorragias, dores e outros sintomas, proporcionando alívio aos pacientes.
De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, a Sesab quer levar o tratamento oncológico para o interior do estado, para mais perto do cidadão. “Com técnicas mais modernas que a medicina hoje dispõe, é possível diagnosticar e tratar mais precocemente os diversos tipos de câncer. Uma das coisas mais significativas, inclusive, é descentralizar o serviço da rede de atendimento”, disse o Secretário. Ele ainda pontuou que até 2019, a rede de atenção oncológica será expandida com a construção de novas unidades de alta complexidade em Juazeiro, Barreiras, Irecê e Porto Seguro, além de outras duas novas em Salvador - no Hospital da Mulher e no Centro Estadual de Oncologia (Cican).

Números da doença

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), a estimativa para o ano de 2018 é que na Bahia sejam registrados 27.400 novos casos de câncer, sendo 14.350 em homens e 13.050 em mulheres. Entre os homens, o mais recorrente é o câncer de próstata (4.280 novos casos). O que mais atinge as mulheres é o câncer de mama (2.870 novos casos).
Dados preliminares do Sistema de Informações Hospitalares do SUS apontam que no primeiro semestre de 2018, na Bahia, o número de internações por conta de câncer, chegou a 8 mil. Em 2017, foram 30.246 internações decorrentes da doença. Em 2016, o sistema registrou 30.054 internações.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores