Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Variante de Manaus do coronavírus é até 2,4 vezes mais transmissível

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 3 de junho de 2021 - 0 Comentários

A variante de Manaus (P.1) do coronavírus é de 1,7 a 2,4 vezes mais transmissível do que as outras linhagens do vírus, diz estudo publicado na revista Science na 4ª feira (14.abr.2021). Entre as 17 mutações identificadas pelos pesquisadores, 3 estão relacionadas com a maior capacidade do vírus de contaminar células humanas.

O estudo (íntegra – 6 MB) foi realizado em conjunto com diversas universidades do Brasil, da Europa e dos Estados Unidos. No total, 74 pesquisadores sequenciaram o genoma da variante, entre novembro de 2020 e janeiro deste ano. Com isso, eles descobriram que o vírus provavelmente evoluiu para esta cepa em meados de novembro.

Os pesquisadores também calcularam a chance de uma pessoa que teve covid-19 estar protegida contra a variante de Manaus. A proteção varia de 54% a 79% quando comparada à defesa que a infecção que outras cepas fornece.

Uma das principais características desta cepa é que as suas mutações estão localizadas em uma parte do vírus que o ajuda a escapar dos anticorpos. Sem a proteção natural do corpo, adquirida por infecções anteriores, o coronavírus consegue infectar com mais facilidade o ser humano.

Outro problema é que, como o Brasil não implementou programa de vigilância genômica estruturado, a variante conseguiu se espalhar de forma rápida pelo país. Isso significa que o vírus conseguiu infectar mais pessoas e assim evoluir de forma rápida. O principal meio de transmissão, segundo o estudo, foi as viagens aéreas entre Manaus e o sudeste brasileiro.

Os pesquisadores também afirmam que logo depois do surgimento da variante P.1, as chances de uma pessoa morrer de covid-19 aumentaram. As infecções levavam à morte de 1,2 a 1,9 vezes mais, de acordo com o estudo. Mas os pesquisadores afirmam que outros fatores também influenciam essa taxa, como a disponibilidade de atendimento médico. Em janeiro deste ano, por exemplo, Manaus passou por uma crise na saúde e falta de oxigênio para atender pacientes do covid-19.


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE