Arrow

PRESSIONE o botão PLAY para reproduzir a rádio, caso não toque automaticamente. Estamos em fase de testes...




Homem provoca acidente para matar ex-companheira

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 4 de junho de 2020 - 0 Comentários

Homem provoca acidente para matar ex-companheira
Um homem de 31 anos, teria provocado acidente pelo menos são os indícios apurados pela policia   em Nova Lima, na BR-040, na Grande BH ao trevo que dá acesso a Ouro Preto, um trecho onde a rodovia é de mão dupla, para provocar a morte da ex-companheira.

O acidente aconteceu na noite do dia 2 de fevereiro, quando o suspeito de provocar o acidente
bateu o veiculo e um caminhão acabou com a morte da mulher de 31 anos.
As evidências apontam que durante o trajeto,  assim que teve a oportunidade, entrou com o carro na contramão e com um golpe no volante, conseguiu o que queria.

O caminhão acertou em cheio o lado do passageiro e a mulher morreu na hora. Ele saiu andando e abandonou o local do acidente sem prestar nenhum socorro. O suspeito foi para casa de carona, precisou ser hospitalizado por cinco dias com lesões nos pulmões, mas não sofreu nenhuma sequela. A mulher deixou  dois filhos de uma outra relação.

Segundo reportagem no programa Cidade alerta da Record a Polícia Civil, revelou que acredita que ele jogou o carro de propósito contra o caminhão. que  não se trata de um acidente e, sim, um crime.

Segundo informações de parentes da mulher o relacionamento era conturbado por causa do ciúme excessivo do homem. No meio de tantas brigas, ele teria acessado o celular da mulher e descoberto uma possível traição. Depois do episódio, ela decidiu terminar o relacionamento, mas ex-companheiro não aceitava e tentava reatar a união.

Segundo as investigações, enquanto estavam separados, o homem passou a pesquisar de como provocar um acidente automobilístico para causar a morte apenas do passageiro.

No dia do crime, o irmão do homem comemorava aniversário e ele insistiu para que ex-companheira comparecesse à festa e que a buscaria no local de trabalho e ela aceitou

As evidências apontam que durante o trajeto, os dois passaram a discutir. Ele, com violência, pegou o celular das mãos da mulher, jogou o aparelho pela janela do carro e, assim que teve a oportunidade, entrou com o carro na contramão e com um golpe no volante, conseguiu o que queria.

O caminhão acertou em cheio o lado do passageiro e a mulher morreu na hora. Ele saiu andando e abandonou o local do acidente sem prestar nenhum socorro. O suspeito foi para casa de carona, precisou ser hospitalizado por cinco dias com lesões nos pulmões, mas não sofreu nenhuma sequela. A mulher deixa dois filhos de uma outra relação.

Depois de quatro meses de investigação, a Polícia Civil conseguiu um mandado de prisão e de busca e apreensão na casa do autor.

O delegado conta que o homem não reagiu e com extrema frieza, na presença do advogado, confessou o crime. Ele vai responder pelo crime de homicídio.
Foto: Polícia Civil/Divulgação



Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar