Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

MP acaba com registro profissional de jornalista e publicitário

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 14 de novembro de 2019 - 0 Comentários

MP acaba com registro profissional de jornalista e publicitário

A medida provisória (MP) editada pelo presidente Jair Bolsonaro com incentivos para a contratação de jovens altera também as regras para registro profissional junto ao governo. Não será mais preciso um profissional se registrar nas Delegacias do Trabalho.

A medida provisória que cria o programa Verde Amarelo acaba com a exigência de registro profissional para algumas categorias, como jornalistas, publicitários, radialistas, químicos, arquivistas e até guardador e lavador de veículos.

Isso valerá para todas as profissões, com exceção dos casos previstos em ordens e conselhos de classe, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e conselhos de contabilidade, enfermagem, engenharia, arquitetura, medicina, entre outros.

”A ideia é eliminar de todo o marco regulatório a necessidade de registro de todas as profissões”, disse o secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcomo. ”Estou eliminando o obstáculo para exercício da profissão”, acrescentou.

Em relação aos jornalistas, a MP revoga a necessidade de registro de jornalistas e diretores de empresas jornalísticas na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), antiga Delegacia Regional do Trabalho (DRT). Outro ponto que deixa de existir é o trancamento do registro profissional do jornalista que, sem motivo legal, deixar de exercer a profissão por mais de dois anos. Esses pontos estão estabelecidos no decreto nº 972 de 1969. A MP acaba ainda com a exigência legal de diploma de jornalismo para o exercício de algumas funções.

A medida ainda revoga leis que regulamentam profissões como corretor de seguro e guardador e lavador de carros. Neste último caso, uma lei de 1975 exigia o registro na Delegacia Regional do Trabalho para guardar e lavar veículos automotores.


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE