Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Brasil é o país com maior potencial de produção de bioenergia no mundo

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 12 de agosto de 2019 - 0 Comentários





Um estudo da IEA (Agência Internacional de Energia) aponta o país como o terceiro maior gerador de energia renovável e com mais vantagens competitivas para ampliar a matriz energética, foco da 27ª FENASUCRO & AGROCANA

O Brasil é o terceiro maior gerador de energia renovável do mundo, segundo um estudo realizado pela IEA (Agência Internacional de Energia), e desponta como a nação com o maior potencial de produção bioenergética. No ranking, que considera a capacidade instalada em GW, o país fica somente atrás da China e dos Estados Unidos. Buscando possibilitar que a cadeia produtiva se beneficie desse cenário, a 27ª FENASUCRO & AGROCANA apresentará produtos e soluções ao setor, além de estimular o debate sobre estratégias e oportunidades.

Segundo a IEA, o Brasil tem o "mix" energético mais ecológico e com a maior participação de renováveis entre os grandes consumidores de energia do mundo, com quase 45% do consumo total de energia final em 2023.

A EPE (Empresa de Pesquisa Energética), vinculada ao Ministério de Minas e Energia (MME), aponta que entre as vantagens competitivas da matriz energética brasileira se destacam a abundância de biodiversidade e de recursos naturais, potencial de energia renovável não aproveitado e setores com alta competitividade como o agropecuário e a indústria de insumos básicos.

O levantamento da EPE aponta ainda que a matriz energética brasileira utiliza 43,5% de biomassa, enquanto a média mundial é de apenas 14%, e que o sistema de cogeração, a partir da biomassa, é responsável por 8,2% da energia elétrica consumida no Brasil. Em escala mundial, a média é de 2,3%.

O tema é um dos principais focos de debate e de interesse do setor que estará na 27ª FENASUCRO & AGROCANA, a ser realizada de 20 a 23 de agosto, em Sertãozinho (SP). Representantes de 100% das usinas do Brasil, além de visitantes de mais de 40 países, estarão reunidos para debater estratégias e buscar oportunidades, visando contribuir com o processo para atender essa demanda global em relação à bioenergia.

"Inúmeras empresas querem se relacionar e desenvolver produtos para esse setor e teremos uma agenda diversificada para atualização dos profissionais da cadeia bioenergética", afirma Paulo Montabone, diretor da feira.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, 2020 será um ano crucial para as políticas de biocombustíveis com a presença do RenovaBio (Política Nacional de Biocombustíveis). A expectativa é que o programa fortaleça a economia da produção de biocombustível, acelerando o investimento em nova capacidade. "A bioenergia é uma grande oportunidade para o Brasil. A nossa eficiência em relação à energia de biomassa é a melhor do mundo", diz Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, diretor do Departamento de Biocombustíveis do Ministério de Minas Energia.

As oportunidades do RenovaBio serão debatidas em diversos painéis e palestras com representantes de entidades e do setor público na 27ª FENASUCRO & AGROCANA, visando contribuir para garantir o papel estratégico dos biocombustíveis e a segurança energética.


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE