Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Bolsonaro faz reunião de emergência para discutir crise da Venezuela

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 0 Comentários


O presidente Jair Bolsonaro convocou na tarde desta sexta-feira, 22, reunião de emergência com representantes de dez ministérios para tratar a decisão do líder venezuelano Nicolás Maduro de fechar a fronteira de seu país com o Brasil.  O governador de Roraima, Antonio Denarium (PSL), participa do encontro por vídeo conferência.

A rigor, a iniciativa de Maduro representa o maior desafio de um país vizinho ao Brasil desde maio de 2006, quando o presidente da Bolívia, Evo Morales, determinou a invasão uma das refinarias da Petrobrás no país. Morales havia anunciado, naquele dia, a nacionalização do setor de gás e petróleo.

O encontro formaliza a criação de um gabinete de crise exclusivamente para o caso da Venezuela, antecipado pelo ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, participa do encontro, além de representantes dos ministérios da Defesa, das Relações Exteriores, da Infraestrutura, das Minas e Energias e outros.

A reunião no Palácio do Planalto foi precipitada pelo conflito entre tropas da Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) e civis na comunidade indígena de Kumarakapai, a cerca de 80 quilômetros de Pacaraima, na divisa do Brasil com a Venezuela. Duas pessoas morreram no local e 22 ficaram feridas, das quais sete foram transferidas para tratamento no Brasil.

Antes do encontro, o  governo brasileiro mantinha sua determinação de armazenar a ajuda humanitária brasileira em Pacaraima, de onde seria carregada em caminhões venezuelanos no sábado, 23. A iniciativa atende ao apelo do presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, por alimentos e remédios para aliviar a escassez de produtos básicos no país.

Na quinta-feira 21, o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, disse que em hipótese alguma o Brasil atravessará a fronteira. Mourão afirmou que o fechamento da fronteira deu-se porque Nicolás Maduro está ciente de que o Brasil não agredirá a Venezuela. O general, porém, deixou claro que essa posição mudará se houver ação violenta do país vizinho contra o Brasil.


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE