Nilo tratou como “absurdo” e “constrangimento” a operação da PF - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha

EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO

COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Nilo tratou como “absurdo” e “constrangimento” a operação da PF

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 13 de setembro de 2017 - 0 Comentários


Depois de ser alvo da "Operação  Opinião" ação conjunta  entre Ministério Público Eleitoral e a Polícia Federal, o Deputado  Marcelo Nilo (PSL) se pronunciou sobre o caso. O Deputado tratou como “absurdo” e “constrangimento” a operação. (Relembre o caso).
Segundo as investigações Ex-presidente da AL-BA, Nilo é suspeito de controlar a empresa Bahia Pesquisa e Estatística (Babesp) – conhecida no meio político como “DataNilo” .
Nilo  em seu discurso na AL-BA disse:"Me lembro daquela frase do ex-governador da Bahia Otávio Mangabeira: ‘pense no absurdo, na Bahia haverá precedentes’. Fui surpreendido com a presença da PF e do Ministério Público Eleitoral (MPE) numa busca e apreensão na minha residência"
O deputado negou ser o dono da  Babesp:  "Fui cliente da Babesp, como outros deputados. O instituto começou a acertar e a demanda aumentou. Vossas excelências pagavam ao diretor Roberto Matos, não ao deputado Marcelo Nilo. Eu contratei e da minha conta foi transferido o dinheiro para a Babesp"
Para Nilo, a operação não passa de uma “violência contra um parlamentar que tem 28 anos de vida pública”
"Eu perdi meu pai, perdi minha mãe, meu irmão, mas hoje é o dia mais difícil da minha vida. Um homem que nasceu na roça, no sertão, que morou em pensionato, estudou em colégio público, passa pelo constrangimento de ver sua residência ser ocupada para uma operação".


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif