ANP: preço do etanol cai em 13 Estados brasileiros - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha

EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO

COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


ANP: preço do etanol cai em 13 Estados brasileiros

Por: Itiruçu Notícias - - quarta-feira, 10 de agosto de 2016 - 0 Comentários


Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros caíram em 13 Estados e no Distrito Federal, subiram em 11 e não variaram no Amapá e em Roraima na semana de 26 de junho a 2 de julho. Na semana imediatamente anterior os preços tinham caído em apenas 7 Estados e subido em outros 17 e também no Distrito Federal e permanecido estável em Santa Catarina.

Em São Paulo, principal Estado produtor e consumidor, a cotação subiu 2,48% na semana de 26 de junho a 2 de julho, para R$ 2,276 o litro. No período de um mês, acumula alta de 0,35%. Na semana, a maior alta ocorreu em São Paulo (2,48%) e o maior recuo, em Mato Grosso do Sul (2,43%). No mês, o etanol subiu mais na Bahia (4,25%) e recuou mais em Mato Grosso do Sul (4,30%).

No Brasil, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1,89 o litro, em São Paulo, e o máximo foi de R$ 3,995 o litro, no Rio Grande do Sul. Na média, o menor preço foi de R$ 2,276 o litro, em São Paulo. O maior foi registrado no Amapá, a R$ 3,72 por litro.
O etanol manteve a vantagem nos Estados de Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e São Paulo nesta semana, revelam dados da ANP compilados pelo AE-Taxas. No restante do País, o derivado de petróleo continua mais vantajoso.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif