Esposa é multada por invade WhatsApp do marido - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Esposa é multada por invade WhatsApp do marido

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de maio de 2016 - 0 Comentários





Uma mulher que investigou o celular de seu marido após começar a desconfiar que o homem a estava traindo foi considerada culpada de invasão de privacidade.

A mulher árabe aparentemente encontrou evidências sobre a infidelidade do marido ao checar o telefone móvel dele, mas quando o acusou pela traição, ele levou o caso à polícia.

Ela foi condenada a pagar £ 28.275 (equivalente a R$ 142 mil) por danos, antes de ser deportada, de acordo com julgamento em um tribunal de Ajman, nos Emirados Árabes Unidos.
O casal tem cerca de 30 anos cada, e é de nacionalidade árabe.
Esposa invade WhatsApp do marido, descobre ter sido traída e é multada por invasão de privacidade

Mulher que investigou o celular de seu marido após começar a desconfiar que o homem a estava traindo foi considerada culpada de invasão de privacidade.
A mulher teria verificado o WhatsApp do marido antes de enviar fotos para si mesma como prova. Ela, então, confrontou o marido com as imagens, supostamente acusando-o de ter um caso com outra mulher. Uma mulher que investigou o celular de seu marido após começar a desconfiar que o homem a estava traindo foi considerada culpada de invasão de privacidade. 
Fonte Dailymail


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação