Popó não admite ser suplente senador de Jaques Wagner - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Casa da Cultura treme enquanto se realizava reunião

Reunião é transferida ao perceber que Casa da Cultura em Itiruçu começou a tremer.  Na manhã desta sexta-feira(22) por volta das 9h...


Espaço publicitário


EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNA Êta lê lê



Êta lê lê Segunda-feira gorda do foguetório

Ao ter suas contas aprovadas por 7 a 2 na última sessão da Câmara de Vereadores da Boa Terra, o ex-prefeito Wagner Novaes era só alegria. Como os estampidos das bombas eram ouvidos nos quatro cantos da cidade, muitos ficaram imaginando o que teria acontecido:

"Quem chegou ou está indo para Bom Jesus da Lapa?";
"Hoje é festa de que Santo?";
"Aniversário de quem?";
"Quem tá jogando hoje?"

O que muitos não sabiam, era que a festa tinha um nome, Wagner Novaes. Este celebrava a vitória em casa, já que um pouco distante, 7 edis lhe dariam a honra de aprovar as suas contas públicas.

CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Popó não admite ser suplente senador de Jaques Wagner

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de julho de 2018 - 0 Comentários

 “Esse negócio de ser suplente... Nunca! ", disse o ex-pugilista



O ex-lutador de box e ex-deputado federal Acelino Freitas, o Popó (PDT), não está nada satisfeito com as especulações em torno de sua possível indicação para a segunda suplência do ex-governador Jaques Wagner (PT) na campanha ao Senado pelo grupo de Rui Costa (PT) como foi divulgado em matéria do Tribuna da Bahia. 
O esportista se mantém resistente em manter a pré-candidatura independente à senador. “O partido já me deu essa legenda de pré-candidato ao Senado. Pelo que eu sei e pelo que eu converso com o presidente estadual do partido [Félix Mendonça], está tudo mantido desde a nossa primeira conversa”, assegura à Tribuna. “Até porque tem um desgaste muito grande de um dos candidatos ao Senado, que é o [Jaques] Wagner. Você tem também o desgaste pelo que o pessoal fez com Lídice da Mata. Pelo menos o público feminino, do qual ela era uma das representantes no Senado, tem indignação sobre isso. Quem conhece e acompanha a política sabe do que eu estou falando”.

Sobre as especulações de que seria indicado para a suplência de Wagner, o ex-pugilista foi enfático. “Não aceitaria. Aceitaria se Wagner fosse meu suplente, se Ângelo Coronel fosse meu suplente...”, ironiza. “Eu não nasci para ser cauda. Nasci para ser cabeça. Foi por isso que eu fui quatro vezes campeão mundial. Ficar debaixo desses caras que só têm visão negativa na mídia. Está louco? Isso não existe. Se for para ser suplente, prefiro não sair. Eu falei para Felinho [Félix Mendonça] que eu só sairia com o PDT se fosse para o Senado. Se não fosse, não sairia nem deputado estadual e nem federal. Entendeu?”.

O pré-candidato detalha por quais motivos não aceitará a possível proposta do grupo de Rui. “Esse negócio de ser suplente... Nunca! Já basta da outra vez, que eu bati na trave. Estava com mil e poucos votos e fiquei suplente. Fiquei à mercê de alguém sair para alguma secretaria ou ministério. Sei bem o que é isso. [...] Não quero isso, não. Ser suplente é isso, é só falar que é senador. Eu quero trabalhar como senador e não ter a máquina dos outros para trabalhar lá dentro sendo suplente. Não existe isso. Isso é ser suplente para eles”, esbraveja. O assunto será levado à convenção nacional do PDT, marcada para a próxima sexta-feira, dia 20, em Brasília. Popó estará lá. A convenção estadual pedetista na Bahia será no dia 3 de agosto. E ele afirma que “vai entrar para ganhar”. “A aceitação está muito boa. Estive agora no extremo-sul da Bahia, num futebol beneficente, e lá falei da minha pré-candidatura. Foi muito bem aceita”, destaca.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação