Popó não admite ser suplente senador de Jaques Wagner - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Popó não admite ser suplente senador de Jaques Wagner

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de julho de 2018 - 0 Comentários

 “Esse negócio de ser suplente... Nunca! ", disse o ex-pugilista



O ex-lutador de box e ex-deputado federal Acelino Freitas, o Popó (PDT), não está nada satisfeito com as especulações em torno de sua possível indicação para a segunda suplência do ex-governador Jaques Wagner (PT) na campanha ao Senado pelo grupo de Rui Costa (PT) como foi divulgado em matéria do Tribuna da Bahia. 
O esportista se mantém resistente em manter a pré-candidatura independente à senador. “O partido já me deu essa legenda de pré-candidato ao Senado. Pelo que eu sei e pelo que eu converso com o presidente estadual do partido [Félix Mendonça], está tudo mantido desde a nossa primeira conversa”, assegura à Tribuna. “Até porque tem um desgaste muito grande de um dos candidatos ao Senado, que é o [Jaques] Wagner. Você tem também o desgaste pelo que o pessoal fez com Lídice da Mata. Pelo menos o público feminino, do qual ela era uma das representantes no Senado, tem indignação sobre isso. Quem conhece e acompanha a política sabe do que eu estou falando”.

Sobre as especulações de que seria indicado para a suplência de Wagner, o ex-pugilista foi enfático. “Não aceitaria. Aceitaria se Wagner fosse meu suplente, se Ângelo Coronel fosse meu suplente...”, ironiza. “Eu não nasci para ser cauda. Nasci para ser cabeça. Foi por isso que eu fui quatro vezes campeão mundial. Ficar debaixo desses caras que só têm visão negativa na mídia. Está louco? Isso não existe. Se for para ser suplente, prefiro não sair. Eu falei para Felinho [Félix Mendonça] que eu só sairia com o PDT se fosse para o Senado. Se não fosse, não sairia nem deputado estadual e nem federal. Entendeu?”.

O pré-candidato detalha por quais motivos não aceitará a possível proposta do grupo de Rui. “Esse negócio de ser suplente... Nunca! Já basta da outra vez, que eu bati na trave. Estava com mil e poucos votos e fiquei suplente. Fiquei à mercê de alguém sair para alguma secretaria ou ministério. Sei bem o que é isso. [...] Não quero isso, não. Ser suplente é isso, é só falar que é senador. Eu quero trabalhar como senador e não ter a máquina dos outros para trabalhar lá dentro sendo suplente. Não existe isso. Isso é ser suplente para eles”, esbraveja. O assunto será levado à convenção nacional do PDT, marcada para a próxima sexta-feira, dia 20, em Brasília. Popó estará lá. A convenção estadual pedetista na Bahia será no dia 3 de agosto. E ele afirma que “vai entrar para ganhar”. “A aceitação está muito boa. Estive agora no extremo-sul da Bahia, num futebol beneficente, e lá falei da minha pré-candidatura. Foi muito bem aceita”, destaca.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores