Itiruçu: Vereador denuncia ao INEMA construção de casas populares - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itiruçu: Vereador denuncia ao INEMA construção de casas populares

Por: Ed Santos - quinta-feira, 8 de março de 2018 - 0 Comentários

Vereador que parecer se permite a construção de 50 Casas do Minha Casa Minha Vida no loteamento NOVA ITÁLIA



O vereador de oposição em Itiruçu, senhor Roberto Silva Santos, Robertão, protocolou um pedido de vistoria junto ao INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hidricos) para que a instituição após vistoria emita um parecer se permite a construção de 50 Casas do Minha Casa Minha Vida no loteamento NOVA ITÁLIA, situada na Avenida Josias Duarte (Antiga João Durval Carneiro), Itiruçuzinho.

Segundo o vereador, os motivos de seu pedido são por que há os tanques de decantação aonde vão os dejetos residenciais, e que há 16 anos quando foi construído, desde então nunca teve tratamento. Diz ainda que os referidos tanques, conhecidos como "pinicões" trazem mal cheiro, muriçocas e despeja sua carga poluente na nascente do beija flor. Ele ainda diz que o residencial ficará ha pouco mais de 30 metros do residencial o que pode gerar problemas para os futuros moradores.

O vereador pede ainda rapidez do INEMA, para que faça vistorias antes de começar as obras que segundo ele sabe que está próximo. A denuncia foi protocolada no dia 6 de março deste ano, sob o numero 026/2018.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif