Itiruçu: Vereador denuncia ao INEMA construção de casas populares - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Itiruçu: Vereador denuncia ao INEMA construção de casas populares

Por: Ed Santos - quinta-feira, 8 de março de 2018 - 0 Comentários

Vereador que parecer se permite a construção de 50 Casas do Minha Casa Minha Vida no loteamento NOVA ITÁLIA



O vereador de oposição em Itiruçu, senhor Roberto Silva Santos, Robertão, protocolou um pedido de vistoria junto ao INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hidricos) para que a instituição após vistoria emita um parecer se permite a construção de 50 Casas do Minha Casa Minha Vida no loteamento NOVA ITÁLIA, situada na Avenida Josias Duarte (Antiga João Durval Carneiro), Itiruçuzinho.

Segundo o vereador, os motivos de seu pedido são por que há os tanques de decantação aonde vão os dejetos residenciais, e que há 16 anos quando foi construído, desde então nunca teve tratamento. Diz ainda que os referidos tanques, conhecidos como "pinicões" trazem mal cheiro, muriçocas e despeja sua carga poluente na nascente do beija flor. Ele ainda diz que o residencial ficará ha pouco mais de 30 metros do residencial o que pode gerar problemas para os futuros moradores.

O vereador pede ainda rapidez do INEMA, para que faça vistorias antes de começar as obras que segundo ele sabe que está próximo. A denuncia foi protocolada no dia 6 de março deste ano, sob o numero 026/2018.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS