Moradores de Itororó, sentem a terra tremer no fim de semana - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Moradores de Itororó, sentem a terra tremer no fim de semana

Por: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

Tremores foram registrados no distrito do Rio do Meio no município este segundo abalos sísmicos que  atingem a região


Moradores do distrito de Rio do Meio, no município de Itororó, sul da Bahia, relataram ter percebido, ao menos, três tremores de terra no final da manhã de domingo (4). Ninguém ficou ferido e não houve registro de danos estruturais. De acordo com a dona de casa Selma Lima, a trepidação começou forte, e foi diminuindo a intensidade. Ela conta que saiu correndo de dentro do imóvel por medo que desabasse. "Estremeceu tudo, pensei da casa cair. O primeiro foi forte, o segundo médio e o terceiro foi bem fraquinho. Isso era umas 10h30 para 11h", descreveu Selma. O trabalhador rural Domingos Santos conta que fazia a barba no momento do incidente, e revela que se assustou com o barulho provocado pelos tremores.  "Pensei que fosse o prédio ao lado da igreja que tinha caído. Aí eu saí na rua e o povo estava olhando e disseram que foi um tremor", contou.

O geólogo Carlos Uchôa confirmou que, na região onde as trepidações foram registradas, existem ocorrências de tremores de baixa magnitude, provocados por movimentos da placas tectônicas. Segundo ele, o risco da terra voltar a tremer no mesmo local é muito pequeno. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), no entanto, não registrou nenhuma ocorrência no local. Apesar disso, a instituição informou que vai continuar à procura do caso. Esta é a segunda vez que abalos sísmicos atingem a região centro do estado.
Em 2015, um tremor de magnitude de 3,16, que teve origem na cidade de Iguaí, também foi sentido no município de Itororó. Esta é a segunda vez que abalos sísmicos atingem a região centro do estado.  
*Fontes: G1 / Foto: Reprodução/TV Bahia


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores