Osteoporose é o principal responsável pelas fraturas ósseas - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Osteoporose é o principal responsável pelas fraturas ósseas

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de outubro de 2017 - 0 Comentários


Celebrado no dia 20 de outubro, o Dia Mundial da Osteoporose tem como objetivo alertar a população para a prevenção do problema que, segundo o Ministério da Saúde, atinge cerca de 10 milhões de brasileiros, entre homens e mulheres. Silenciosa e assintomática, a osteoporose é uma doença caracterizada pela diminuição da densidade óssea e deterioração na microarquitetura do tecido ósseo, que resulta em maior fragilidade dos ossos e um aumento concomitante no risco de fratura.
Entre os principais fatores de risco para a osteoporose estão o sedentarismo, o histórico familiar, alimentação deficiente de vitamina D e cálcio, baixa exposição à luz solar, deficiência de produção de hormônio, imobilização e repouso prolongado. Outro fator importante a ser destaco é que devido sua estrutura metabólica e física e da maior perda de estrógeno após a menopausa as mulheres estão mais propícias a este acometido. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), no mundo entre 13% e 18% das mulheres sofrem com o problema.

O Ministério da Saúde recomenda que o problema seja combatido desde a infância e, segundo o órgão a atividade física tem um importante papel neste processo de prevenção e retardo de perda óssea. Isso ocorre porque através da prática regular de exercícios físicos o indivíduo pode ter melhorada a força e resistência muscular, melhorando assim a massa óssea, o equilíbrio e a coordenação, levando a uma maior independência motora e diminuição do risco de queda, este um dos fatores de maior incidência de fraturas, explica o educador físico Mateus Riccio, coordenador técnico da rede Hammer Fitness Club, unidade Pará.
Segundo ele, entre as atividades de maior importância na prevenção e tratamento da doença está a musculação, trabalho esse que gera um movimento de tração nas articulações, promovendo o aumento da massa muscular e óssea. Exercícios na água, como natação e hidroginástica, esteira, bike e dança, também, são recomendados. Entretanto, é muito importante que antes de iniciar qualquer tipo de treino o indivíduo consulte seu médico para que ele oriente se a prática nestas condições é viável ou não. Importante ainda que o seu treino seja prescrito e acompanhado por um profissional de educação física, destaca Riccio.  
Informações Liliam Cunha


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes