Vídeo: Mulher com barriga dilatada pede ajuda por redes sociais - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Vídeo: Mulher com barriga dilatada pede ajuda por redes sociais

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 28 de setembro de 2017 - 0 Comentários


Na ultima terça-feira um mulher  identificada por Maria de Oliveira, 28 anos, moradora da fazenda Lagoa da Torta, dee Igaporã região do Velho Chico  na Bahia, chamou atenção nas redes sociais  ao aparecer em um vídeo pedindo ajuda para saber o que ela tem em sua barriga. No vídeo ela mostra a barriga bastante dilatada
A principio Daiane foi diagnosticada com cirrose hepática, de origem alcoólica, há pouco mais de um ano. Desde então,, ela vem sendo acompanhada por uma equipe médica. "O que está sendo feito é um paliativo. É feito um processo para retirar a grande quantidade do líquido ascítico - responsável por lubrificar a cavidade abdominal - da barriga dela. Normalmente, é retirado cerca de 4,5 litros", explicou o médico que acompanha o caso.
A única solução para a paciente, que ingere bebida alcoólica desde os 10 anos de idade, é um transplante de fígado. "Ela precisa passar por um processo de transplante de fígado para que isso seja solucionado. Mas para isso, ela tem que entrar para uma lista de transplante, o que exige alguns procedimentos básicos". Entre eles, a exigência de que o paciente não consuma bebida alcoólica há um ano. Segundo o médico, Daiane afirmou que não bebe há quase um ano.
Daiane deve  uma unidade que disponha de melhores equipamentos e profissionais mais qualificados para seu caso. para ser acompanhada por um hepatologista, especialista em doenças do fígado".


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS