Iceberg se desprende da geleira de Pine Island, na Antártica - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre Câncer de cólon - Intestino Grosso

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Iceberg se desprende da geleira de Pine Island, na Antártica

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 29 de setembro de 2017 - 0 Comentários


Um novo iceberg se desprendeu da geleira de Pine Island, na Antártica, no último sábado. Segundo o Centro Nacional do Gelo dos Estados Unidos (NIC, na sigla em inglês), o bloco de gelo tem 185 quilômetros quadrados, quase quatro vezes a área de Manhattan.
O iceberg está atualmente no Mar de Amundsen, mas deve se mover na direção da Baía de Pine Island depois de alguns meses. O bloco mostra sinais de fraturas, o que significa que pedaços de gelo menores podem se soltar. Segundo o NIC, não há riscos para as embarcações que navegam pela região.
A NASA divulgou uma foto capturada no último dia 21 de setembro, pouco antes do rompimento. A imagem foi tirada pelo satélite Landsat 8 e mostra uma grande rachadura no centro da geleira.
Em julho, um bloco de gelo colossal com 5.000 quilômetros quadrados se desprendeu da plataforma Larsen C. Desta vez, o iceberg é bem menor, porém afeta uma região mais sensível, já que Pine Island é uma das maiores geleiras antárticas e uma das que derretem mais rapidamente.
Segundo a NASA, a ruptura de icebergs é um processo natural, porém a frequência com que tem acontecido é preocupante. Desde 2013, foram liberados três grandes blocos de gelo de Pine Island.
Forças como ventos, marés, correntes e até colisões com outros icebergs podem criar fendas nos blocos. Porém, a água quente que se desloca debaixo das geleiras faz com que o gelo derreta e acelere as rachaduras. A aceleração no derretimento foi detectada em 1992, quando as observações por satélite foram iniciadas na geleira.
Foto Nasa


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif