Bahia tem 40 cidades em regime de racionamento de água - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Bahia tem 40 cidades em regime de racionamento de água

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 22 de setembro de 2017 - 0 Comentários


Quarenta cidades da Bahia estão em regime de racionamento de água, por conta da estiagem que atinge algumas regiões do estado. O número é dez vezes maior do que o registrado em fevereiro deste ano, quando apenas quatro cidades estavam com o abastecimento controlado. As informações foram passadas ao G1 pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), nesta quinta-feira (21).
De acordo com a Embasa, as cidades com racionamento são: Andorinha, Bonito, Brotas de Macaúbas, Caldeirão Grande, Candeal, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Conde, Entre Rios, Esplanada, Filadélfia, Gavião, Gentio do Ouro, Ibitiara, Ichu, Itiúba, Jaguarari, Jandaíra, Lajedinho, Mairi, Morro do Chapéu, Mundo Novo, Nova Fátima, Novo Horizonte, Pé de Serra, Pintadas, Ponto Novo, Queimadas, Quixabeira, Riachão do Jacuípe, Santaluz, São Domingos, São José do Jacuípe, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrolândia, Valente, Várzea do Poço, Várzea Nova e Wagner, além da localidade de Várzea do Meio (distrito de Várzea da Roça).
Desta lista de municípios, segundo a Embasa, dois deles, Queimadas e Santaluz, já estavam em racionamento em fevereiro, totalizando mais de sete meses com abastecimento de água controlado. Vitória da Cnquista e Belo Campo, que também estavam em racionamento, na época, tiveram o abastecimento normalizado em julho.
Na época, também havia o planejamento de iniciar o racionamento em outras 14 cidades. Destas, nove seguem com fornecimento reduzido. São elas: Senhor do Bonfim, Jaguarari, Caldeirão Grande, Andorinha , Itiúba, Ponto Novo, Filadélfia, Serrolândia e Várzea do Poço. As outras cinco, Jacobina, Campo Formoso, Caém, Saúde e Antônio Gonçalves, tiveram o abastecimento normalizado entre julho e setembro.
Conforme a Embasa, as cidades em racionamento têm distribuição de água em dias alternados, para diferentes áreas da cidade. Conforme a empresa, um calendário de distribuição costuma ser divulgado para que a população se organize.
A Embasa recomenda que a população faça a reserva de água para uso nos períodos de desabastecimento, instalando caixa d’água com capacidade suficiente para atender as necessidades de consumo de cada família, além de bomba no reservatório inferior, em caso de imóveis com mais de um pavimento.
De acordo com a Embasa, nos períodos de racionamento e de alerta, é necessário o consumo racional da água, evitando desperdício e usos menos importantes, como irrigação de jardins, lavagem de carros, calçadas e áreas externas.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores