NEABI: Restituindo Memórias em passo dançantes - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


NEABI: Restituindo Memórias em passo dançantes

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 12 de maio de 2016 - 0 Comentários

O Núcleo de estudos afrobrasileiros e indígenas - NEABI Itiruçu lança projeto Restituindo Memórias em passo dançantes nesta quinta-feira (12), com uma oficina de Dança afro Tribal da Bahia com a dançarina profissional Maria Rios natural de Aiquara, formada em dança artista pela Fundação Cultura do Estado da Bahia - Funceb, que tem trabalhos  na Europa  nos países  França Espanha Itália, Tunísia na África.

Na oficina teve a participação dos alunos e professores da escola municipal Maria Rita de Novaes e pessoas da comunidade além uma apresentação da dançarina Maria Rios  que deixou os presente s encantados com a belíssima performance. Logo após teve um uma oficina de dança com a participação de todos presentes.
Segundo a coordenadora do NEABI Itiruçu, o projeto deve continua e que será feita  uma seleção  para grupo de dança afro  com a profissionalização desta criança para participar eventos a nível estadual.
Ouça entrevista cedida pela dançarina Maria Rios e a coordenadora do NEABI  Luciana Brandão a Itiruçu FM.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes