Balada Cultural celebra encerramento com música - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Balada Cultural celebra encerramento com música

Por: Itiruçu Notícias - - terça-feira, 31 de maio de 2016 - 0 Comentários


O Balada Cultural, projeto de dinamização da Biblioteca Pública Municipal de Madre de Deus, celebrará o encerramento de suas atividades no próximo dia 4 de junho, às 19 horas, no auditório do espaço. Na solenidade, serão apresentados ao público os resultados obtidos durante os três meses do projeto. A programação conta ainda com apresentações do Grupo POESI e da Banda Marcial BAMADRE, além do lançamento da exposição fotográfica dos alunos da oficina de fotografia e do livro O relógio que não marcava as horas, produzido durante a oficina de leitura. A iniciativa conta com a parceria da Prefeitura de Madre de Deus e tem apoio financeiro do Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento à cultura gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz).

Desde o final do mês de fevereiro, o Balada Cultural agita a Biblioteca Pública da Cidade todos os finais de semana, com entrada gratuita ao público e livre para todas as idades. Com uma programação bem diversificada, o projeto contou com espetáculos de teatro e dança, feira de livros e de gastronomia, encontro de escritores, exposições de fotografias e artesanato, sessões de cinema, apresentação de DJ, roda de capoeira, entre outras atividades culturais.
Além das apresentações que aconteceram nas noites dos sábados, a ação também  ofereceu oficinas de libras, leitura, teatro, dança, fotografia e mídias locativas.  As tardes dos domingos foram reservadas para as crianças, com teatro de fantoches, contação de histórias, brincadeiras e musicalização infantil.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br .


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum