Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Fomento à produção qualifica a agricultura familiar na Bahia

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019 - 0 Comentários

 
Com o objetivo de dinamizar os processos de produção e garantir ao agricultor e agricultora familiar a segurança necessária para conviver, de forma sustentável, com as adversidades climáticas, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), vem promovendo, nos últimos anos, iniciativas como a distribuição de sementes e de mudas frutíferas e essências florestais e o seguro Garantia-Safra. Estes insumos, de qualidade e alta tecnologia, resultam em mais renda e produtividade das áreas plantadas, eliminando custos e garantindo competitividade.

Nos últimos quatro anos foram distribuídas 12 milhões de mudas frutíferas, de cacau, mandioca e essências florestais para mais de 17 mil famílias. O investimento é da ordem de R$20 milhões. A ação tem o objetivo de fortalecer a agricultura familiar, estimular o plantio e a diversificação de espécies em unidades produtivas de agricultores familiares, além de ser uma alternativa de geração de emprego e renda no campo. Entre as espécies que estão sendo doadas estão Açaí, Mandioca, Abacaxi Vitória, Aroeira-Vermelha, Cedro Rosa, Cacau, Ipê-Roxo, Pau Viola, Banana Princesa.


A agricultora familiar Cristiane Santos, da comunidade Várzea do Mulato, município de Senhor do Bonfim, Território Piemonte Norte do Itapicuru, afirmou que está muito feliz com a chegada das mudas como as de açaí, banana e abacaxi, entre outras: “Vai ser muito bom para a agricultura familiar. As frutas possibilitarão uma renda extra para as nossas famílias”.

Garantia-Safra
Para garantir a segurança alimentar de famílias que vivem no Semiárido e têm perdas nas safras, devido a adversidades climáticas, como períodos de estiagem prolongada ou excesso de chuva, o Governo da Bahia vem investindo recursos e subsidiando 50% dos aportes municipais e das contribuições dos agricultores familiares. De 2015 a 2018, foram investidos mais de R$ 149 milhões, com indenizações pagas para 695 mil agricultores que aderiram ao programa.

Na Bahia, o programa é coordenado pela SDR, por meio da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), com o apoio de técnicos da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater). A iniciativa acontece em articulação com os municípios baianos e a Delegacia da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD). O pagamento, dividido em cinco parcelas de R$ 170, no total de R$ 850 por família, é destinado às famílias com renda mensal de até 1,5 salário mínimo e que plante até cinco hectares.

O seguro possibilita a garantia de um plantio mais seguro, além de movimentar a economia dos municípios. A agricultora familiar, Izabel de Jesus, do município de Irecê, afirmou: “O Garantia-Safra vem como uma luz e uma benção, pois é um amparo para a gente, que não pôde colher”. Já Marisvaldo Ribeiro, também de Irecê, salientou que esse seguro ajuda no sustento da família e no replantio: “Com o recebimento desse dinheiro a gente, além de comprar alimentos como feijão, farinha e arroz, pegamos uma parte e tornamos a investir na terra”.
Segurança Alimentar do Rebanho
O projeto é voltado para agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais e tem como objetivo proporcionar reserva estratégica para a alimentação do rebanho bovino, caprino e ovino, principalmente em períodos de longa estiagem. A ação é realizada pela Suaf, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e a Bahiater. Ao longo dos últimos quatro anos mais de 19 mil famílias foram atendidas com a entrega de mudas de palma forrageira. Cada agricultor familiar recebe mil mudas. O investimento é da ordem de R$2,8 milhões.

De acordo com o representante da Associação Agrícola Vale do Paraíso, Josivan Santos, os agricultores familiares que vivem no semiárido têm muitas dificuldades, principalmente nos períodos mais secos: "Com o plantio de palma vamos ter a alimentação para o rebanho o ano inteiro, ajudando no dia a dia da criação de caprinos e ovinos".


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE