Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018 - Itiruçu Notícias
Arrow
Campeonato Brasileiro Serie C - Juazeirense x Remo Ao Vivo

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Por: Ed Santos - sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

A democracia está comprometida!?  onde está a justiça? Onde está à ordem, Ministra?


Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF.
Fiquei pensando sobre o que disse ainda a ministra chefe do STF, meritíssima senhora Carmem Lúcia: ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”. Essa é a verdade: Mas meritíssima entre as suas palavras e o que nós sentimos na pele há um hiato, um abismo! Veja:


1º Como a senhora fala de liberdade e diz que é inadmissível e inaceitável desacatar (criticar) a justiça? Como fala em liberdade se todos aí ameaçam usarem o poder que tem contra quem questiona seus métodos? Logo, a democracia está comprometida!?.

2º Com tantos mandos e desmandos, um judiciário cujo limite não são as leis, mais o imaginável de qualquer julgador. Onde está à ordem, Ministra?

3º Todos os dias a violência abate, os poderosos aplastam os mais humildes, leis servem apenas de decorativos para vade mecum, se nos falta anelada paz senhora ministra, onde está a justiça?

4º Pergunto também ao presidente da OAB, senhor Claudio Lamachia que solidário a ministra disse “que o respeito a justiça é fundamental para superar crises, uma justiça sem privilégios...” Humm...o que dizer dos salários acima do teto no judiciário, da falta de transparência, dos auxílios moradias de quase 5 mil mensais até para quem tem mansões decoradoras de revistas, dos privilégios soberanos e quase divinos? É justo, um povo que morre de fome sem pão, sem trabalho, vitima da violência, sem saúde, olhar para suas “divindades” (com exceções) e dizerem amém a seus feitos?

Obs: Respeito à justiça (judiciário) só existirá quando seus agentes forem a encarnação do ser justo, quando os abismos tiverem pontes, quando todos forem de fato submissos a lei. Aí senhora excelentíssima ministra, suas palavras serão contempladas de prontidão. Desculpe é que os violados que somos todos nós, estamos entendendo depois de 500 anos o por que que nos falta pela ordem a justiça, o respeito, a liberdade, a democracia e a paz. (Ed Santos)


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif