Homem tenta invadir escola e matar companheira - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Homem tenta invadir escola e matar companheira

Por: Ed Santos - quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

Antes uma mulher tentou  agredir menor que supostamente estaria tendo um caso com seu marido 


Momentos de tensão e pânico vivenciaram crianças e adolescentes, professores e servidores em geral da Escola Everaldo Souza Santos no Entroncamento de Jaguaquara na tarde desta quarta feira (28).
Tudo teria ocorrido após uma mulher de nome não divulgado ter invadido a escola para agredir uma menor de 13 anos.  Em seguida chegou um homem, que seria marido desta mulher, que também queria invadir a escola para assassiná-la. Momento em que o porteiro evitou a entrada do homem trancando o portão, e a diretora, Professora Leandra teria ficado do lado de fora da escola tentando conter o elemento, que a todo custo queria subir o muro, não só para matar a companheira, mas desta feita para assassinar a todo corpo escolar, incluído os alunos.

A diretora disse que viveu momentos de tensão e que “Deus lhe deu forças para impedir que o meliante invadisse a escola e efetuasse as mortes”. Houve pânico e correria entre as crianças. Uma professora passou mal e teve que ser socorrida ao Hospital.
Segundo relatos de pessoas do local e de parentes da menor, o homem já teria tentado invadir a casa da criança para violenta-la, mas não obteve sucesso. Com ciúmes, a mulher teria ido tirar satisfação a menor de apenas 13 anos. E inconformado, o homem teria ido matar a mulher na escola.
A Polícia Militar foi chamada capturou o meliante, bem como a mulher. Ambos foram levados para a carceragem de Jaguaquara, ficando a disposição da justiça.
Os nomes dos envolvidos ainda não foram divulgados. Estamos apurando mais informações oficiais.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif