2018: Ano de decisões e sobretudo de respostas - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


2018: Ano de decisões e sobretudo de respostas

Por: Ed Santos - terça-feira, 2 de janeiro de 2018 - 0 Comentários

Resultado de imagem para 2018 eleições e copa
O ano de 2018 começa e com ele a esperança de milhões de pessoas no Brasil, de que este ano poderão fazer diferentes e ter um futuro melhor. Afinal este é um ano decisivo. É também um ano efervescente com entre vários acontecimentos, dois marcarão o Brasil e  o mundo. E em ambos há chance de se fazer diferente.

É ano de copa do mundo, e após ser humilhado em caso o Brasil vai à bonita terra russa e de lá tentará reverter o vexame, e quem sabe se não o título, pelo menos um desfecho honroso.

É ano de outra decisão importante, onde para que esta seleção não seja motivo de muitos choros e rangeres de dentes, é necessário que os quase 200 milhões de técnicos façam bem seu papel, papel de inovar. No futebol não foi diferente, e que não politica também seja por uma boa reflexão. É ano de eleição. Brasileiros e Brasileiras escalarão a equipe composta de deputado estadual, governador, deputado federal, senador e presidente. Serão estes que regerão por quatro anos de nossas vidas, que é muito tempo diga se de passagem, nossa saúde, educação, segurança, infraestruturas num geral, combate a fome, entre outros.

Os frutos que colhemos como golpes, reformas prejudiciais aos trabalhadores e a maioria da população, para beneficiar uma minoria poderosa, tais como congelamento dos investimentos públicos por 29 anos, reforma na educação, trabalhista e ainda a previdenciária é o resultado dos deputados e senadores que escolhemos em 2010 e 2014, principalmente em 2014. É sinal que voto movido por emoções como ódio e preconceitos religiosos, ideológicos, de gêneros e partidários pode resultar. Mas será que a duras penas estamos aprendendo? 2018 é quando saberemos se entendemos e vamos fazer mudanças principalmente no senado e na câmara dos deputados ou se ainda manteremos a maioria destes apátridas que estão no poder, dando-lhes mais gás para continuar a destruição do país para beneficio de multinacionais e interesses externos, só descobrindo talvez em mais quatro anos que estamos cavando o fundo do poço.

Você terá a oportunidade de pensar que tipo de país vc quer. Se fortalecer a saúde publica, a educação publica, a indústria nacional, a segurança publica. Ou se continuaremos a destruir aquilo que é publico para justificar, nos chamarmos de incompetentes (coisa que não somos) a entrega de nossas riquezas (petróleo, minério, etc), que poderia ser usando para melhorar todos os serviços ao povo, aos gringos chineses, americanos e europeus.

Caros amigos, 2018 começa mesmo é com pelo menos dois presentes e grego. O Primeiro, na calada do embalo do feriado do ano novo, quando naturalmente os corações estão mais solidários, as pessoas cansadas do ano de mazelas querendo curtir com as famílias, muitos foram, outros estão, outros tantos ainda serão impactados, principalmente aqueles que vivem com um salario mínimo que é a maioria dos brasileiros, que planejava algo pensando no reajuste, só agora perceberão, que senhor malvadeza, digo melhor, sua excelência presidente da republica Michel Temer alegando uma inflação que só ele, a mídia que ele paga e seus capachos enxergam que dizem eles ser de 1,81%, promulgou mais redução do misero aumento do mínimo em 11 reais, caindo da ultima previsão de 965 reais para 954 reais, portanto 17 reais a mais que o atual. É o menor aumento em 24 anos. O misero aumento não dá para pagar nem os aumentos mensais do gás de cozinha. Que saiu de 45 reais no governo Dilma, para quase 70 reais neste atual. Outro detalhe é todas as semanas ter aumento nos preços dos combustíveis, combustíveis estes que é o sangue das veias deste país por onde percorre nosso alimento, nossas compras. Quando sobe a gasolina, o diesel, sobe também os preços nos mercados, nas feiras livres. Diante deste grotesco quadro, como o governo e sua propagando pode ter o descalabro de afirmar que a inflação está baixa e os preços controlados? com aumentos todas as semanas e com quase sempre o preço de ontem não sendo o mesmo de hoje nos mercados?

Quer saber mais? Na ressaca, mais um aumento nos combustíveis. A Petrobras anunciou desde quinta-feira (28) mais um aumento nos preços dos combustíveis nas refinarias. A partir desta sexta (29), a gasolina ficará 1,7% mais cara. O diesel vai subir 1,1%. Já vimos os reflexos nos postos da região onde a gasolina já está a 3,94. Política de reajustes faz preço médio da gasolina subir 13 % em cinco meses.

Diante disso: Tem na sua escalação vaga ou lugar para estes jogadores que aí estão? Vamos ter atenção nos partidos, os que apoiam e sustentam tudo isso que está sendo feito com o brasileiro, em especial esta coalização (P)MDB-DEM-PSDB-PP- que governa hoje entre outros com algumas exceções entre seus membros. Vale a pena mantê-los nos seus postos, ou precisa ser feito alterações, para que o jogo vire? 2018 é o ano da esperança? Das realizações? De fazer valer e mostrar que quem deve mandar é o povo? Das decepções, da injustiça? 2018 será um ano de respostas a estas perguntas... Feliz 2018! 


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação