Parlamentares acusam os partidos DEM e PSDB de boicotar a Bahia - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Parlamentares acusam os partidos DEM e PSDB de boicotar a Bahia

Por: Itiruçu Notícias - - terça-feira, 1 de agosto de 2017 - 0 Comentários

Em reunião com o governador Rui Costa (PT), nesta segunda, 31, parlamentares baianos acusaram o DEM e o PSDB de se movimentarem para impedir a liberação de R$ 1,5 bilhão pelo governo federal junto ao Banco do Brasil e Banco Europeu.
Deputados federais da base e os senadores Otto Alencar, Lídice da Mata e Roberto Muniz manifestaram solidariedade ao governador em virtude do boicote que o governo do Estado estaria sofrendo com relação à liberação desses recursos para obras importantes na Bahia, principalmente recuperação de estradas.
Na avaliação deles, o bloqueio de R$ 1,5 bilhão pelo governo federal junto aos bancos “é fruto de um movimento extremamente grave e mesquinho, liderado pelo DEM e PSDB”.
O governador Rui Costa voltou a defender eleições diretas: “Não tenho dúvidas em defender eleições diretas. É o que a sociedade deseja. É o que o povo quer. Será uma chance histórica para a retomada da credibilidade”, afirmou Rui.
A votação da admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer, que acontece amanhã na Câmara dos Deputados, também entrou na pauta e ficou acordado que cada partido vai definir seu caminho.
Foi unânime a opinião dos participantes que Temer e Rodrigo Maia são políticos que se igualam na forma como conduzem a política e a gestão do país. Participaram da reunião 21 deputados federais além dos secretários Jaques Wagner, Fernando Torres e Josias Gomes.
Fonte: A Tarde


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum