Governador do Rio de Janeiro se afastar temporariamente do cargo - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Governador do Rio de Janeiro se afastar temporariamente do cargo

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 16 de julho de 2017 - 0 Comentários


Em nota divulgada hoje (16), o governo do estado do Rio de Janeiro confirmou que o governador Luiz Fernando Pezão ficará afastado temporariamente do cargo a partir deste domingo, “devido a problemas de saúde, relacionados ao seu quadro metabólico (descompensação do diabetes, aumento de peso, entre outros)”.
Ele deverá ficar afastado de suas atividades por uma semana, até o próximo dia 23. Durante a ausência, o vice-governador Francisco Dornelles estará à frente do governo, diz a nota.
Em março do ano passado, Luiz Fernando Pezão foi diagnosticado com um tipo de câncer denominado linfoma não Hodgkin, localizado no tecido ósseo, iniciando, logo a seguir, tratamento quimioterápico.
Exames de imagem efetuados pelo governador em julho de 2016 revelaram resolução completa do câncer, segundo informou à época a assessoria de imprensa do governo.
Na ocasião, o médico oncologista Daniel Tabak, que acompanhou o governador desde a descoberta do câncer, observou que só seria possível se falar de cura após alguns anos da manutenção da resposta ao tratamento apresentada por Pezão.
Agência Brasil


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum