Políticos pedem que Odebrecht seja expulsa do Equador - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Políticos pedem que Odebrecht seja expulsa do Equador

Por: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 5 de junho de 2017 - 0 Comentários


Líderes da Aliança País, partido do presidente do Equador Lenín Moreno, exigiram nesta segunda-feira (5) medidas imediatas para expulsar a Odebrecht do país. "Seremos firmes no combate à corrupção, na luta contra a impunidade e no fortalecimento de uma gestão pública transparente, ética e responsável", diz a declaração, lida por parlamentares do partido na Assembleia Nacional.
Em uma coletiva de imprensa convocada pelos presidentes e vice-presidentes das comissões legislativas do Parlamento equatoriano, os líderes do Aliança País condenaram o comportamento da empresa brasileira "e suas práticas ilícitas transnacionais de pagamentos de subornos ao redor do mundo", conforme o texto  divulgado, que exige a expulsão da construtora do Equador, assim como de seus diretores e representantes no país.

Os parlamentares também exigem da Promotoria celeridade nas investigações iniciadas e a abertura de processos contra os envolvidos no esquema de corrupção. Na sexta-feira, as autoridades do país prenderam seis pessoas em uma série de operações ligadas ao caso. Um dos detidos é o tio do atual vice-presidente do Equador, Jorge Glas.
Também foi uma aberta uma investigação contra Carlos Pólit, que chefia a Controladoria Geral do Estado, para quem o presidente da Assembleia Nacional do Equador, José Serrano, pediu um "julgamento político". A casa de Pólit foi revistada pelos agentes, mas ele está fora do país por razões médicas.
O documento governista também propõe a criação de uma comissão multipartidária da Assembleia Nacional para visitar o Brasil e os Estados Unidos em busca de informações diretas das autoridades competentes dos dois países.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação