Calero será convocado pela Câmara a explicar crime de Geddel - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha

EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO

COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Calero será convocado pela Câmara a explicar crime de Geddel

Por: Itiruçu Notícias - - sábado, 19 de novembro de 2016 - 0 Comentários


Reunir provas contra a conduta ilegal do ministro da Secretaria do Governo de pressionar o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, para liberar ilegalmente um empreendimento imobiliário em que é dono de uma unidade. Com esse objetivo, o deputado federal Jorge Solla (PT-BA) apresentará nesta segunda-feira (21) requerimento de convocação de Calero na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara de Deputados.
“É uma expressa acusação de crime, tipificado no Artigo 319 do Código Penal, que trata da prevaricação, com pena de um a três anos de prisão. Se Calero acusou outro ministro de estado ao sair, é um caso muito grave e precisa comprovar o que diz para que o caso tenha a consequência devida à luz do interesse público”, destaca o petista. 
Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-ministro da Cultura afirmou ter sido pressionado por Geddel cinco vezes para que revertesse uma decisão técnica do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) que cassou uma licença de construção de um empreendimento imobiliário em que Geddel era proprietário de uma unidade residencial.
“Diante do que foi dito, se algum deputado da base governista tentar impedir que Calero seja convocado está sendo, no mínimo, conivente com um crime. Se Geddel não tiver o que temer, que deixe o acusador mostrar suas provas. Agora agir para impedir sua convocação é declaração de culpa”, pontuou Solla.
Informações Via Brasil247


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif