Primeiro Concurso Nacional de Cacau Especial do Brasil acontece na Bahia - Itiruçu Notícias - Vocé conectado com a informação
Arrow
NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçuense Joselito Fróes ganha Festival de Música

Aconteceu na noite desta segunda-feira (27), o II Festival de Música Junina de Santo Antônio de Jesus, promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude. O evento de autoria da atual gestão municipal, teve início em 2018 e tem como objetivo valorizar os artistas locais, fomentando assim a arte e cultura da cidade.

Com a presença mais que especial do cantor e músico Adelmario Coelho, que integrou o júri, o festival contou com 12 músicas autorais, que tinham que conter obrigatoriamente a frase “Viva o Nordeste Brasileiro”. Os jurados deram suas notas baseados em seis critérios: letra, adequação ao tema, melodia, afinação, postura de palco e tempo estipulado.

A musica vencedora foi "Minha Terra" composição de Joselito Fróes e Reginaldo Silva, que se tornará a música-tema do São João 2019. Com o primeiro lugar aa dupla faturou um prêmio de R$ 4.000 e participará da programação do Melhor São João. ....CONTINUE LENDO

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa. ...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS



BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Primeiro Concurso Nacional de Cacau Especial do Brasil acontece na Bahia

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 13 de outubro de 2018 - 0 Comentários

Concorrer os produtores de cacau todo o Brasil, com lotes produzidos obrigatoriamente no País,

 
Cacauicultores de todo o Brasil têm até o dia 1º de novembro para se inscrever no I Concurso Nacional de Cacau Especial do Brasil – Sustentabilidade e Qualidade. O objetivo do concurso é incentivar a melhoria da qualidade e da sustentabilidade na produção de cacau especial no Brasil, divulgando a cultura a partir dos chocolates especiais e promovendo este segmento junto aos consumidores.
Poderão se inscrever e concorrer os produtores de cacau todo o Brasil, com lotes produzidos obrigatoriamente no País, no ano de 2018. O participante que possuir mais de uma propriedade somente poderá inscrever uma delas. Produtores meeiros, arrendatários e/ou agregados poderão se inscrever, desde que apresentem cópia de documento que comprove tal condição.
Para participar, o cacauicultor deverá pagar uma taxa de inscrição no valor de R$100 e entregar uma amostra representativa do lote com o volume de 2 kg de cacau, condicionada em saco de plástico transparente identificado com o nome completo do produtor, número de CPF, o município e nome/número do lote de referência. A amostra deverá ser entregue no Centro de Inovação do Cacau (CIC), em Ilhéus, Bahia.
No ato da inscrição o produtor deverá entregar cópia do RG, CPF, documentos que comprovem a posse da propriedade, ficha de inscrição integralmente preenchida e assinada, além do questionário de sustentabilidade também preenchido e assinado. A ficha de inscrição e o questionário estão disponíveis no site www.forumdocacau.com.br e também podem ser solicitados nos escritórios locais da Ceplac e parceiros ou diretamente no CIC.
O participante também deverá manter disponível em sua propriedade e muito bem acondicionado um lote mínimo contendo 3 sacas de 60 kg de cacau, oriunda da coleta da amostra que irá concorrer. O lote tem que ser obrigatoriamente mantido em estoque e disponibilidade até a data do resultado parcial – primeira fase do concurso (1º de novembro). O não cumprimento desta norma implicará na desclassificação do participante.
O concurso é uma iniciativa conjunta da cadeia de cacau apoiada pela Barry Callebaut, Harald, Dengo do Brasil, GrainPro, Instituto Arapyaú, Sebrae, Sistema Faeb/Senar, e executado pelo Centro de Inovação do Cacau, em parceria com a Ceplac e a Câmara Setorial do Cacau do Brasil.
A Coordenação do evento é de responsabilidade do CIC, constituída por uma comissão organizadora formada por membros especialistas em qualidade de cacau das instituições parceiras Ceplac, Barry, Olam, Abic, Sindicafesp e sensorialistas de reconhecida competência técnica.

Etapas do Concurso

Todas as amostras que tiverem a homologação das inscrições no concurso serão submetidas a classificação físico-química. Serão classificadas para próxima fase as amostras com percentual de amêndoas bem fermentadas (somatório de amêndoas marrons e brancas compartimentadas) igual ou acima de 65 %. As 20 amostras que apresentarem as melhores pontuações na classificação físico-química serão submetidas à análise química e sensorial de liquor, para posterior análise da qualidade do chocolate. A divulgação do resultado final e premiação acontecerá no dia 9 de fevereiro de 2019, em Ilhéus.

Produção


Não é por acaso que o primeiro concurso nacional de qualidade do cacau acontece na Bahia. Além de ser uma cultura histórica local, o estado é o maior produtor de cacau do Brasil, com 88.810 toneladas, safra 2017 (57,4% da produção nacional). Possui 86.843 estabelecimentos com pés de cacau, maior número dentre os estados brasileiros produtores.
A maior região produtora de cacau é o Sul da Bahia. Ilhéus foi o município que mais produziu cacau em 2017, com 7.287 toneladas, seguido de Uruçuca (3.278 ton); Ibirapitanga (3.273 ton); Wenceslau Guimarães (2.913 ton); e Presidente Tancredo Neves (2.886 ton). O município com maior número de propriedades com produção de cacau é Valença (2.503 ton), com 4.906 unidades.
O município de Gandu (2.674 ton) teve um crescimento significativo na produção de cacau nos últimos anos. O Extremo Sul também é uma região bastante promissora, onde o cacau irrigado tem se desenvolvido com o uso intensivo de tecnologia e mecanização, mais precisamente no município de Eunápolis.
O Brasil é destaque na produção mundial de cacau e atualmente se posiciona como sétimo maior produtor do planeta. O país vem seguindo em ritmo acelerado a tendência da produção do cacau fino, resultado de um trabalho iniciado há pouco mais de uma década pelos produtores, em parceria com órgãos técnicos que incentivam o emprego de novas tecnologias, uso de técnicas sustentáveis e melhoramento genético.
Por muitos anos o foco na produtividade foi uma condição importante para superação da crise da lavoura, mas neste momento o cenário mostra que investir na qualidade do produto é papel fundamental para diferenciação e agregação de valor ao produto cacau. 
Fonte: Ascom Sistema Faeb


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS