Boulos discursa contra ditadura, e diz que democracia corre risco - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Boulos discursa contra ditadura, e diz que democracia corre risco

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 5 de outubro de 2018 - 0 Comentários

Candidato do PSOL disse que Brasil "Nunca esteve tão perto daquilo que aconteceu" do retorno da repressão . 


No debate entre os presidenciáveis na TV Globo, uma fala do candidato do PSOL Guilherme Boulos sobre a ditadura teve grande repercussão na internet. “Temos que dar um grito, botar a bola no chão e dizer: ditadura nunca mais”, disse o presidenciável.
Após a fala, o nome do presidenciável de esquerda se tornou um dos  assuntos mais comentado do Twitter,
Boulos foi questionado por Ciro Gomes sobre sua avaliação da declaração do general Hamilton Mourão, candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, de cortar o 13º salário. O líder do MTST usou seu tempo de resposta para fazer o apelo, alertando sobre um risco de retorno ao regime militar. “Não dá para a gente fingir que está tudo bem. Estamos há meses fazendo uma campanha que está marcada pelo ódio”, disse.
“Faz 30 anos que a gente saiu de uma ditadura, muita gente morreu, muita gente foi torturada e tem mãe que não conseguiu enterrar seu filho até hoje. Faz 30 anos, mas acho que a gente não esteve tão perto daquilo que aconteceu.
Não dá para a gente fingir que está tudo bem. Nós estamos há meses fazendo uma campanha que está marcada pelo ódio. Faz 30 anos que esse país saiu de uma ditadura. Muita gente morreu, muita gente foi torturada, tem mãe que não conseguiu enterrar seu filho até hoje”, Diz Boulos em seu discurso sobre a ditadura.
Veja vídeo:


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores