Boulos discursa contra ditadura, e diz que democracia corre risco - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Boulos discursa contra ditadura, e diz que democracia corre risco

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 5 de outubro de 2018 - 0 Comentários

Candidato do PSOL disse que Brasil "Nunca esteve tão perto daquilo que aconteceu" do retorno da repressão . 


No debate entre os presidenciáveis na TV Globo, uma fala do candidato do PSOL Guilherme Boulos sobre a ditadura teve grande repercussão na internet. “Temos que dar um grito, botar a bola no chão e dizer: ditadura nunca mais”, disse o presidenciável.
Após a fala, o nome do presidenciável de esquerda se tornou um dos  assuntos mais comentado do Twitter,
Boulos foi questionado por Ciro Gomes sobre sua avaliação da declaração do general Hamilton Mourão, candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, de cortar o 13º salário. O líder do MTST usou seu tempo de resposta para fazer o apelo, alertando sobre um risco de retorno ao regime militar. “Não dá para a gente fingir que está tudo bem. Estamos há meses fazendo uma campanha que está marcada pelo ódio”, disse.
“Faz 30 anos que a gente saiu de uma ditadura, muita gente morreu, muita gente foi torturada e tem mãe que não conseguiu enterrar seu filho até hoje. Faz 30 anos, mas acho que a gente não esteve tão perto daquilo que aconteceu.
Não dá para a gente fingir que está tudo bem. Nós estamos há meses fazendo uma campanha que está marcada pelo ódio. Faz 30 anos que esse país saiu de uma ditadura. Muita gente morreu, muita gente foi torturada, tem mãe que não conseguiu enterrar seu filho até hoje”, Diz Boulos em seu discurso sobre a ditadura.
Veja vídeo:


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS