Pesquisa Ibope mostra crescimento da rejeição a Jair Bolsonaro - Itiruçu Notícias
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Ministerio publico é acionado contra a Embasa

Consumidores espera que Ministério Publico defenda a população contra o mal serviço da Embasa. Moradores de Itiruçu entraram nesta ...


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNISTAS




MAIS LIDAS DO MÊS


Pesquisa Ibope mostra crescimento da rejeição a Jair Bolsonaro

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 5 de setembro de 2018 - 0 Comentários

Entre os entrevistados, 44% responderam que não votariam de jeito nenhum em Bolsonaro



Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (5) aponta crescimento na rejeição aos candidatos Jair Bolsonaro, do PSL, e Fernando Haddad, candidato virtual do PT e oficialmente vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Entre os entrevistados, 44% responderam que não votariam de jeito nenhum em Bolsonaro. Na sondagem anterior, divulgada no último dia 20, o capitão da reserva do Exército tinha 37% de rejeição.
Já Haddad tinha 16% de rejeição e, agora, ostenta a marca de 23%. No levantamento anterior, o ex-presidente Lula ainda aparecia na pesquisa e tinha rejeição de 30%. O petista, entretanto, não consta mais nos questionários do Ibope. A candidatura de Lula foi barrada no último dia 1, em julgamento iniciado no dia 31 de agosto no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), por ele estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa.
A decisão da Justiça Eleitoral que deixou Lula de fora da corrida presidencial também fez com que a divulgação da pesquisa Ibope atrasasse.
Prevista para ter o resultado anunciado no dia 4, a pesquisa "deixou de aplicar o questionário em que o nome de Lula aparecia como postulante ao cargo de presidente da República, como constava do registro da pesquisa feito no TSE".
Nota do Ibope destaca que "pesquisou apenas o cenário em que o nome de Fernando Haddad, candidato a vice-presidente pelo PT, aparecia juntamente com os candidatos que pediram registro".
"O Ibope indagou ao TSE se este procedimento estava correto. Em sua decisão de hoje, o ministro Luiz Felipe Salomão explicou que, segundo a lei, o TSE está impedido de responder a consultas como essa durante o período eleitoral. Diante disso, e convicto de que agiu de boa fé e dentro da lei, e, ainda, no intuito de não privar o eleitor de informações relevantes sobre a situação atual das intenções de voto na eleição presidencial, o Ibope decidiu liberar os resultados", diz trecho da nota.

Veja a rejeição de cada candidato:

    Jair Bolsonaro - 44%
    Marina Silva (Rede) - 26%
    Fernando Haddad - 23%
    Geraldo Alckmin (PSDB) - 22%
    Ciro Gomes (PDT) - 20%
    Henrique Meirelles (MDB) - 14%
    Cabo Daciolo (Patriota) - 14%
    Eymael (DC) - 14%
    Alvaro Dias (Podemos) - 13%
    Guilherme Boulos (PSol) - 13%
    Vera Lúcia (PSTU) - 13%
    João Amoêdo (Novo) - 12%
    João Goulart Filho (PPL) - 11%
    
Poderia votar em todos: 1%
Não sabe/não respondeu: 10%

Compare com o resultado da pesquisa de 20 de agosto:

    Jair Bolsonaro - 37%
    Lula - 30%
    Geraldo Alckmin (PSDB) - 25%
    Marina Silva (Rede) - 23%
    Ciro Gomes (PDT) - 21%
    Fernando Haddad (PT) - 16%
    Henrique Meirelles (MDB) - 13%
    Alvaro Dias (Podemos) - 11%
    Eymael (DC) - 11%
    João Amoêdo (Novo) - 10%
    Vera Lúcia (PSTU) - 10%

Fora da margem de erro, aumentou também a rejeição a Marina Silva. Foi de 23% para 26%. Vale ressaltar que a margem de erro é de 2 pontos percentuais. No caso da rejeição, os entrevistados podem responder mais de um nome, com isso a conta não fecha em 100%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores, entre os dias 1 e 3 de setembro, o nível de confiança é de 95%. O registro da pesquisa no TSE é o BR‐05003/2018.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação