“O nome deveria ser FNDE Perseguição”, ironiza deputado - Itiruçu Notícias
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Ministerio publico é acionado contra a Embasa

Consumidores espera que Ministério Publico defenda a população contra o mal serviço da Embasa. Moradores de Itiruçu entraram nesta ...


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNISTAS




MAIS LIDAS DO MÊS


“O nome deveria ser FNDE Perseguição”, ironiza deputado

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 19 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


O deputado estadual Alex Lima (Podemos) ironizou o evento FNDE em Ação, que promoveu o encontro entre prefeitos baianos e o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, para discutir sobre verbas da educação. De acordo com o parlamentar, o evento deveria chamar-se ‘FNDE Perseguição’ por conta dos relatos de chantagens feitas por Pinheiro contra gestores que se recusam a deixar a base do governador Rui Costa (PT). “É muita crueldade ameaçar prefeitos que dispensam a aliança carlista e depois convidá-los para discutir metas da educação. Isso só valeria à pena se a preocupação deles [democratas e aliados] com a educação baiana fosse maior que os interesses políticos”, disse o deputado.

Segundo Lima, o presidente do FNDE, amigo pessoal do ACM Neto, afirmou a um prefeito que ‘se não rompesse com o governador não iria liberar nada do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação’. “A Bahia não se curvará diante de articulações maldosas. Repito, que não se faz política na base da chantagem. Precisamos, realmente, de grandes investimentos na educação baiana e, sobretudo, de um FNDE em ação, para que não haja espaço para a perseguição”, finalizou.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação