Intermunicipal: duelo decisivo entre Euclides da Cunha e Eunápolis - Itiruçu Notícias
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook




Anuncie aqui seu evento! Apoio cultural Itiruçu Notícias


Campanha


As mais visitadas


Colunistas

O Seu Direito

Êta, Lê, Lê


Utilidade Pública


CENIPA

PM

Intermunicipal: duelo decisivo entre Euclides da Cunha e Eunápolis

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


Depois de 17 rodadas chega ao fim a maior competição de futebol amador do Brasil. As seleções de Euclides da Cunha e Eunápolis fazem o segundo e decisivo jogo do Campeonato Intermunicipal, que definirá o campeão inédito da competição. A partida final acontece no próximo domingo (10), na cidade de Euclides da Cunha, e será transmitida ao vivo pela TVE, canal 10.1, a partir das 15h.
No primeiro jogo da final a equipe de Eunápolis construiu uma grande vantagem para o jogo de volta ao sair na frente e golear a seleção de Euclides da Cunha, por 5 a 0, dentro de casa. Para o segundo jogo o time pode perder por até quatro gols de diferença, e mesmo assim leva o título inédito. Já a seleção de Euclides da Cunha terá que vencer por cinco gols de diferença para levar o jogo para as penalidades, ou ganhar por seis gols de diferença para ficar com a taça.

Eunápolis chegou , pela primeira vez na sua história, a uma final de Intermunicipal. Antes, as melhores campanhas da Seleção do Sul Baiano haviam sido feitas em 1989, quando terminou a competição no sexto lugar geral entre 100 participantes, e 2015, quando terminou em 3º lugar após ser eliminada por Santo Amaro, que veio a ser a campeã daquela edição, na semifinal.
Dois anos depois, Eunápolis deu o troco e eliminou a própria Santo Amaro para chegar à inédita decisão e lutar pelo tão sonhado título. Passar pela Seleção de melhor campanha em 2017 deu moral aos eunapolitanos, mas a campanha da equipe em todo o campeonato também é motivo de comemoração.
Em 16 jogo disputados, Eunápolis venceu sete, empatou oito e perdeu apenas um, para Itabela, na quarta rodada. Foram 21 gols marcados e somente seis sofridos. Um saldo positivo de 15 gols e um aproveitamento de 60,4%.
Se Euclides da Cunha tem o goleador Pim a seu favor, Eunápolis tem o paredão Márcio Greick. Reconhecidamente um dos melhores goleiros da história da competição, o capitão da equipe tem números invejáveis. Ele conquistou sete títulos do Intermunicipal e agora busca, pela primeira vez atuando por Eunápolis, o octacampeonato na carreira. O colecionador de títulos foi tetra campeão com a Seleção de Conceição do Coité, entre 2005 e 2008; campeão pela Seleção de Serrinha, em 2009; e bicampeão pela Seleção de São Francisco do Conde, em 2011 e 2012.

1ª fase
Itamaraju 0 x 1 Eunápolis
Eunápolis 3 x 0 Teixeira de Freitas
Itabela 0 x 0 Eunápolis
Eunápolis 1 x 2 Itabela
Teixeira de Freitas 1 x 5 Eunápolis
Eunápolis 0 x 0 Itamaraju

2ª fase
São José da Vitória 0 x 0 Eunápolis
Eunápolis 4 x 0 São José da Vitória

3ª fase
Eunápolis 3 x 1 Vitória da Conquista
Vitória da Conquista 1 x 1 Eunápolis

4ª fase - Oitavas de Final
Eunápolis 0 x 0 Ipiaú
Ipiaú 0 x 1 Eunápolis

5ª fase - Quartas de Final
Eunápolis 0 x 0 Cachoeira
Cachoeira 1 x 1 Eunápolis
(Pênaltis - 3 x 4)

6ª fase - Semifinal
Eunápolis 1 x 0 Santo Amaro
Santo Amaro 0 x 0 Eunápolis

7ª Fase - Final
Eunápolis 5 x  0 Euclides da Cunha

A Seleção do Nordeste Baiano terá uma missão quase impossível na  sua terceira final da competição, já que foi goleada ma primeira partida da final por 5 a 0,
Esta é a  sua terceira final da competição. Na primeira delas, em 2002, perdeu o título para Itamaraju. Já na segunda, em 2003, foi vice-campeã ao perder a taça para São Félix.
Quatorze anos depois, Euclides da Cunha volta a disputar o título após uma campanha de destaque nas primeiras fases do certame. Em 16 jogos disputados, foram nove vitórias, cinco empates e duas derrotas, para Biritinga e Serrinha, na 1ª e 3ª rodadas, respectivamente.
A Seleção Euclidense marcou, até aqui, 34 gols, sofreu 18 e tem um saldo positivo de 16 gols. Seus 66,6% de aproveitamento lhe garantem o direito de fazer o duelo decisivo da final no seu mando de campo.
Além do apoio da torcida, Euclides da Cunha tem como arma o maior goleador da história do Intermunicipal. O experiente Pim é o centroavante da equipe e chega para a decisão na liderança da corrida por mais uma artilharia, com 13 gols marcados. E mais do que nunca Euclides da Cunha precisará se seus gols.

Histórico de Jogos

1ª fase
Biritinga 2 x 1 Euclides da Cunha
Euclides da Cunha 3 x 2 Canudos
Euclides da Cunha 0 x 1 Serrinha
Serrinha 0 x 0 Euclides da Cunha
Canudos 1 x 3 Euclides da Cunha
Euclides da Cunha 4 x 2 Biritinga

2ª fase
Euclides da Cunha 4 x 1 Senhor do Bonfim
Senhor do Bonfim 1 x 1 Euclides da Cunha

3ª fase
Euclides da Cunha 3 x 1 Riachão do Jacuípe
Riachão do Jacuípe 2 x 2 Euclides da Cunha

4ª fase - Oitavas de Final
Euclides da Cunha 3 x 1 Itaberaba
Itaberaba 0 x 0 Euclides da Cunha

5ª fase - Quartas de Final
Euclides da Cunha 4 x 1 Porto Seguro
Porto Seguro 1 x 1 Euclides da Cunha

6ª fase - Semifinal
Euclides da Cunha 3 x 1 Itabela 
Itabela 1 x 2 Euclides da Cunha 

7ª Fase - Final
Eunápolis 5 x  0 Euclides da Cunha


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241