Solla cobra investigação contra ACM Neto: “vai se juntar a Geddel” - Itiruçu Notícias - Notícias de Itiruçu da Região, da Bahia e do Brasil
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

O Brasil não terá mais cubanos no Programa mais Médicos

Depois de “ameaçadoras e depreciativas” de Bolsonaro Cuba chama de volta os médicos O Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou na...


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNISTAS




MAIS LIDAS DO MÊS


Solla cobra investigação contra ACM Neto: “vai se juntar a Geddel”

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 9 de novembro de 2017 - 0 Comentários

O deputado federal Jorge Solla (PT) cobrou celeridade na investigação aberta nesta semana pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) contra ACM Neto (DEM). O prefeito de Salvador é alvo de delação do André Vital Pessoa de Melo, ex-diretor superintendente da Odebrecht na Bahia, que afirmou ter pagado R$ 2,2 milhões de propina após acerto em reunião com ACM Neto em seu escritório, na Ondina.
“A gente sabe a velocidade do Judiciário do Brasil quando se trata de apurar crimes da elite, da direita, é muito devagar, quase parando. Em abril André Vital delatou com detalhes como operacionalizou o pagamento de propina ao prefeito ACM Neto. Teve R$ 1,8 milhão em malas de dinheiro, igual a de Aécio. O delator mostrou telefonemas, registro, todas as provas. Espero que o MPE e o MPF apurem e que ACM Neto venha se juntar ao seu comparsa, Geddel Vieira Lima, no limbo da história de nosso estado”, disse, em pronunciamento no plenário da Câmara, nesta quinta-feira (9).
“Propina de superfaturamento da obra da Barra. Dinheiro vivo entregue a seu ex-cunhado. Não foi o primo, como no caso de Aécio, nem ele disse que ia mandar matar, como Aécio disse que ia mandar matar o primo, mas tá provado, igual a Aécio, é propina, mala de dinheiro”, completou Solla.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação