Solla cobra investigação contra ACM Neto: “vai se juntar a Geddel” - Itiruçu Notícias
Arrow
Campeonato Brasileiro Serie C - Juazeirense x Remo Ao Vivo

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Solla cobra investigação contra ACM Neto: “vai se juntar a Geddel”

Por: Itiruçu Notícias - - quinta-feira, 9 de novembro de 2017 - 0 Comentários

O deputado federal Jorge Solla (PT) cobrou celeridade na investigação aberta nesta semana pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) contra ACM Neto (DEM). O prefeito de Salvador é alvo de delação do André Vital Pessoa de Melo, ex-diretor superintendente da Odebrecht na Bahia, que afirmou ter pagado R$ 2,2 milhões de propina após acerto em reunião com ACM Neto em seu escritório, na Ondina.
“A gente sabe a velocidade do Judiciário do Brasil quando se trata de apurar crimes da elite, da direita, é muito devagar, quase parando. Em abril André Vital delatou com detalhes como operacionalizou o pagamento de propina ao prefeito ACM Neto. Teve R$ 1,8 milhão em malas de dinheiro, igual a de Aécio. O delator mostrou telefonemas, registro, todas as provas. Espero que o MPE e o MPF apurem e que ACM Neto venha se juntar ao seu comparsa, Geddel Vieira Lima, no limbo da história de nosso estado”, disse, em pronunciamento no plenário da Câmara, nesta quinta-feira (9).
“Propina de superfaturamento da obra da Barra. Dinheiro vivo entregue a seu ex-cunhado. Não foi o primo, como no caso de Aécio, nem ele disse que ia mandar matar, como Aécio disse que ia mandar matar o primo, mas tá provado, igual a Aécio, é propina, mala de dinheiro”, completou Solla.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif