Estudante itiruçuense representa município no Congresso da UEB - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre Câncer de cólon - Intestino Grosso

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Estudante itiruçuense representa município no Congresso da UEB

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 14 de julho de 2017 - 0 Comentários


Estudante Itiruçuense reapresentará o município no 7º Congresso da União dos Estudantes da Bahia (UEB) . Lucas da Guarda representará o colégio  Maria Cândida Fontoura  e segundo ele vai em busca de novos conhecimentos e ações a serem implementadas no município.
Durante o Congresso acontecerão debates sobre diversos temas fundamentais para a juventude, com destaque para a educação.

O Congresso  acontece de 14 e 16 de julho, na cidade de Juazeiro, na região norte da Bahia na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e tem como tema ”Com tiranos não combinam baianos corações”, em referência ao hino da independência do estado.
”A Bahia é símbolo de resistência e luta. O Congresso dos estudantes baianos precisa demarcar isso. Vamos debater os rumos da educação, discutir o desenvolvimento no estado e, principalmente, preparar a nossa resistência”, explicou Nágila Maria, atual presidenta da entidade.

Para Nágila, o evento acontece em um momento muito importante para definição dos rumos do país. ”Por isso o Congresso da UEB será uma ferramenta essencial para organizar a juventude e disputar consciências pela defesa dos nossos direitos e da democracia”, disse.
Em 2017, a entidade baiana completa 74 anos de luta e também 12 anos de sua reconstrução, já que durante a ditadura militar suas atividades foram encerradas e colocadas na ilegalidade.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif