Presidente da Funai é demitido discordar de indicações políticas - Itiruçu Notícias | Você conectado à informação!
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook



Colunas

O Seu Direito


EDITORIAL

"O Quinto dos Infernos" sustenta a corrupção no Brasil

Durante o Século 18, o Brasil-Colônia pagava um alto tributo para seu colonizador, Portugal. Esse tributo incidia sobre tudo o que fo...


Versículos Bíblicos  



As Mais Clicadas da Semana

Presidente da Funai é demitido discordar de indicações políticas

Edição: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 5 de maio de 2017 - 0 Comentários


Publicada no Diário Oficial da União de hoje (5) a exoneração de Antônio Fernandes Toninho Costa, do cargo de presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai). Toninho Costa assumiu o cargo em setembro do ano passado. A exoneração ocorre em meio a conflitos entre índios da etnia Gamela e fazendeiros, no Maranhão.
Com 4 meses no cargo de presidente da Fundação Nacional do Índio ( Funai) Antônio Fernandes Toninho Costa, em entrevista declarou nesta sexta-feira, que foi demitido por discordar de indicações políticas para o órgão.
Segundo o ex presidente da Funai, “ele não  permiti e jamais poderia permitir indicações políticas porque a Funai é composta de cargos técnicos e de servidores concursados. E jamais  poderia deixar entrar na instituição pessoas que não têm nenhum compromisso com as causas indígenas
Questionado  sobre quem teria feito indicações políticas para cargos dentro da Funai. Antônio Costa disse que a ingerência partiu, inicialmente, do líder do governo no Congresso, mas não quis mencionar o nome do deputado André Moura (PSC-SE).
Costa não quis falar se sofreu assédios por parte de André Moura para aceitar indicações políticas do PSC. Ele declarou que ainda não procurou nenhum órgão para formalizar uma denúncia contra o parlamentar.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif

COMPRE AQUI


Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241