Itiruçu: Realizada marcha contra o abuso e exploração sexual - Itiruçu Notícias
Arrow
Campeonato Brasileiro Serie C - Juazeirense x Remo Ao Vivo

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itiruçu: Realizada marcha contra o abuso e exploração sexual

Por: Ed Santos - quinta-feira, 18 de maio de 2017 - 0 Comentários

Foi realizado na manhã desta quinta feira (18) em Itiruçu, uma caminhada educativa para chamar a atenção contra o abuso sexual contra crianças e adolescentes. O evento fez parte do calendário nacional e contou com a organização do Conselho Tutelar de Itiruçu, apoiado pela Secretária de Assistência Social de Itiruçu, o Grupo Itiruçu Unidos Bike, escolas públicas e particulares e a Polícia Militar. Os eventos começaram desde quarta a noite com a realização de um passeio ciclístico. O evento desta quinta percorreu o centro da cidade e contou inclusive com a animação da Fanfarra MunicipalHouve também a premiação do concurso de redação e desenho sobre o tema. Os Conselheiros Tutelares de Itiruçu também realizaram panfletagem pelas ruas da cidade.

A data passou a ser lembrada a partir do dia 18 de maio de 1973, quando uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

A data  reafirma a importância de se denunciar e responsabilizar os autores de violência sexual contra a Crianças e Adolescentes.  contatos com o conselho Tutelar (73) 9170-5774 ou Disque 100 para denunciar 73. 

Fotos Wilson Novaes


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif