Nilo: PEC “é casca de banana no caminho do governo” - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


Nilo: PEC “é casca de banana no caminho do governo”

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 1 de abril de 2017 - 0 Comentários


Com a experiência de cinco mandatos consecutivos de presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o deputado estadual Marcelo Nilo (PSL) avalia que a oposição não terá êxito na tentativa de aprovar uma PEC (proposta de emenda à Constituição do Estado) que em suma permite que os parlamentares indiquem proposições que geram despesas ao governo, desde que elas não excedam o orçamento do Estado.

Nilo diz que votará contra a matéria porque ela "é uma casa de banana no caminho do governo". "Votarei contra a PEC. Acho que não é função da Assembleia criar despesas para o Executivo. Despesa quem tem que fazer é o Executivo. Nós fomos eleitos pelo povo para duas funções básicas: elaborar as leis do Estado e fiscalizar o Poder Executivo. Não temos por que gerar despesa ao Executivo. A PEC é fruto do papel da oposição, do deputado Luciano Ribeiro (DEM), que é um bom deputado. É colocar casca de banana no caminho do governo. Eu sou contra a PEC e votarei contra. Creio que a PEC não passará porque o governo tem maioria. A oposição só tem 21 deputados. Acho muito difícil chegar a 38", disse Marcelo Nilo em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia.

Ele voltou a dizer também que de sua parte, como presidente do PSL na Bahia, não há demanda por mais cargos no governador Rui Costa (PT), articulação explicitamente feita pelos outros seis deputados do partido.
"Não é hora de se reivindicar espaço no governo, porque o governador já fez o secretariado, e ele disse que não vai fazer nenhuma mudança. Sentamos com ele em dezembro e pedimos mais espaço, mais uma secretaria. Ele ficou de dar a resposta, e a resposta foi negativa. Então, nós temos de respeitar, porque ele que foi eleito pelo povo, ele que é governador, e ele que sabe quais são os partidos que devem ter mais espaço e os que devem ter menos espaço. Rui Costa está muito bem avaliado. É o melhor gestor que eu conheci. Tenho certeza absoluta de que no próximo ano, se ele mantiver a base unida, será um candidato muito forte".

Para fechar a conta, o ex-presidente da Assembleia minimizou o movimento dos correligionários, que decidiram criar um bloco independente na Assembleia. "Não existe bloco independente. Aqui o regimento só permite mesmo o bloco de maioria e o bloco de minoria. Não existe bloco independente. Estou aqui há 27 anos e nunca vi isso. Toda vez que criam um bloco independente, com dois meses acaba", afirmou o deputado Marcelo Nilo.
Informações via Brasil 247


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação