35% dos prefeitos baianos não tentam reeleição - Itiruçu Notícias
Arrow
AO Vivo formatura do Proerd em Itiruçu - Imagens Wilson Novaes


Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


35% dos prefeitos baianos não tentam reeleição

Por: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 12 de setembro de 2016 - 0 Comentários


A crise político econômica pela qual passa o Brasil, e a dificuldade em cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) são fatores que levaram 109 dos 307 prefeitos baianos que estão aptos a disputar a reeleição a desistir do pleito. Pelo menos é o que diz a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeita do município de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB) ao jornal Tribuna da Bahia.
Dos 417 prefeitos, 307 estão no primeiro mandato, o que lhes dá o direito de tentar mais uma eleição. Mas de acordo com levantamento feito pela UPB com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 35% dos gestores que poderiam se candidatar desistiram do pleito (109).
"Hoje os municípios brasileiros têm muita dificuldade de cumprir os índices de investimentos com percentual mínimo obrigatório (como saúde e educação). Muitos prefeitos não conseguem nem mais pagar a folha de salário dos servidores. E isso não é só na Bahia. É em todo o país. Diante desse quadro, muitos prefeitos estão desistindo do Executivo, porque com dinheiro ou não, ele é obrigado a cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, e se não cumpre, ele terminará seu mandato com processo nas costas, o que ainda pode deixa-lo inelegível", disse Maria Quitéria em entrevista à Tribuna.
Ainda de acordo com Maria Quitéria, "muitos municípios na Bahia e no Brasil não se sustentam sem o FPM". "É preciso adotar no Brasil um modelo de partilha de recursos com mais igualdade, com mais receita para os municípios mais pobres. É assim nos países de primeiro mundo. Mas aqui, infelizmente a situação é inversa. Os pobres recebem menos recursos", lamenta a prefeita de Cardeal da Silva.
Foto Arquivo Itiruçu Notícias


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes