Ponto de Cultura Saubara em Movimento é lançado - Itiruçu Notícias
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook




Anuncie aqui seu evento! Apoio cultural Itiruçu Notícias


Campanha


As mais visitadas


Colunistas

O Seu Direito

Êta, Lê, Lê


Utilidade Pública


CENIPA

PM

Ponto de Cultura Saubara em Movimento é lançado

Edição: Itiruçu Notícias - - sexta-feira, 10 de junho de 2016 - 0 Comentários


A associação Chegança dos Marujos lança o Ponto de Cultura Saubara em Movimento no município de Saubara, no Recôncavo Baiano, na segunda-feira (13). O projeto terá duração de três anos com cursos, oficinas, encontros, reuniões e formação cultural em diversas modalidades dedicado a jovens e lideranças das manifestações da cultura local. O evento de lançamento conta com uma programação que envolve as principais riquezas culturais da cidade, com desfile, samba de roda e o tradicional folguedo popular de marujada.

O grupo Chegança Mirim inicia os festejos com um desfile pelas ruas da cidade até a Igreja de São Domingos, onde se apresentam, às 9h. Na sede Chegança dos Marujos, além da cerimônia oficial de lançamento, às 15h, será apresentado o livro Cantador de Chula, da escritora Katharina Doring. Em seguida, se apresenta na Praça 13 de Junho o grupo Samba de Roda Mirim da Vovó Sinhá, que anima o público antes da reza de Santo Antonio, que acontece às 18h. A programação encerra com uma grande roda de samba de roda para celebrar o dia de muita alegria na cidade. Todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público.

O dia do santo casamenteiro, Santo Antônio, foi escolhido para celebrar a abertura do projeto, que conta com a presença de funcionários da superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura. “A Chegança dos Marujos é a prova viva de que o Ponto de Cultura sempre existiu. É com muita alegria que a Secult firmou essa parceria valorizando as atividades culturais que tem tanta tradição no município de Saubara”, declara a diretora de Cidadania Cultural da SecultBA Luísa Saad.

O projeto foi aprovado no edital Pontos de Cultura da Bahia, da Secretaria de Cultura do Estado, com apoio do Ministério da Cultura do Governo Federal. A iniciativa que promove a parceria partiu do Programa Cultura Viva. Os jovens participantes do projeto terão acesso a ferramentas, metodologias e fundamentos tecnológicos contemporâneos, que são fundamentais para a profissionalização e realização dos materiais nos campos de criação artística, produção cultural, comunicação e educação. Eles também poderão participar de intercâmbios culturais entre territórios e elaboração de conteúdos ligados à cultura de Saubara.

A estratégia dessa articulação é que aconteça uma ação onde se trabalhará a riqueza cultural do município, que a partir da mesma data de lançamento será emancipado enquanto agente patrimonial na região. O intuito da emancipação é que a cidade proporcione benefícios sociais e econômicos com a cultura e a educação, através das capacitações, oficinas e transmissão de saber.

Pontos de Cultura – Organizações da sociedade civil reconhecidas pelo Ministério da Cultura por desenvolver atividades culturais em suas comunidades, os pontos de cultura são considerados carro-chefe do Programa Cultura Viva, criado na gestão do ex-ministro da Cultura Gilberto Gil, em 2004. Gil destacou a necessidade de promover uma espécie de "do-in antropológico no Brasil", massageando pontos vitais, mas momentaneamente desprezados ou adormecidos, do corpo cultural do país. O conceito de Ponto de Cultura surge como uma política inovadora pela secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC, na gestão de Célio Turino. São novos parâmetros de gestão entre Estado e Sociedade, através de instituições, pessoas, órgãos públicos e parcerias. Iniciou-se uma nova abertura no conceito de cultura, ampliada cada vez mais em ações de cidadania e projetos ligados à inclusão social.

O auxílio se dá financeiramente através de uma verba de 185 mil reais, para ser aproveitada em dois e meio a três anos e, legitimamente, por permitir autonomia aos sujeitos envolvidos neles. A primeira parcela, de 25 mil reais, é destinada à compra de um kit multimídia para que o Ponto de Cultura possa registrar e difundir suas atividades. Como sugestão de equipamentos, tem-se computador, impressora, filmadora, câmera fotográfica, e aparelhos de som.  Em 2014, através de um novo edital, foram selecionadas pela SecultBA mais 128 instituições dos 27 territórios de identidade do Estado. 


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241