PMDB a viúva negra da política Brasileira - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha


EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO


COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


PMDB a viúva negra da política Brasileira

Por: Itiruçu Notícias - - domingo, 15 de maio de 2016 - 0 Comentários


A "Viúva Negra" é um especie de aranha que provém do fato de a fêmea geralmente se alimentar do macho após a cópula. No Brasil, é encontrada atualmente próxima ao mar, sobretudo em praias pouco frequentadas. Na política brasileira o PMDB é o partido que mais representa este aracnídeos, já que o partido sem vencer nenhuma eleição para Presidência da República em seus 50 anos de história, o partido passou a ter pela terceira vez em pouco mais de 30 anos um presidente. Com a posse de  Michel Temer, o partido passa a ter “100% de aproveitamento” de seus três vices, que chegaram à Presidência após destilar seu veneno mortal.

O primeiro governo federal do PMDB se iniciou em 1985, com José Sarney. Ele assumiu a Presidência por causa da morte de Tancredo Neves, também peemedebista, que venceu a eleição indireta em janeiro daquele ano, mas "adoeceu" e morreu antes mesmo de tomar posse.
Sarney, porém, não tinha nenhum histórico no PMDB e se filiou em agosto de 1984, deixando o PDS num acordo com setores mais conservadores para poder concorrer como vice de Tancredo.

O segundo presidente peemedebista também se filiou em cima da hora. Itamar Franco assinou ficha em maio de 1992, quando o governo Collor já enfrentava uma grave crise de popularidade. Itamar foi eleito pelo PRN, junto com Collor, mas deixou o partido após uma reforma ministerial feita em abril daquele ano. Em 2 de outubro, assumiu como presidente interino após abertura de processo de impeachment que viria a ser aprovado em dezembro.
Na próximas eleições os candidatos deve pensar bem antes de colocar um vice do PMDB.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif