Ministério Público recebe representação contra Embasa - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


Ministério Público recebe representação contra Embasa

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 25 de maio de 2016 - 0 Comentários


Foi protocolada nesta quarta-feira(25) junto ao  Ministério Público, uma representação contra a Empresa Baiana de Abastecimento e Recurso Hídricos (EMBASA). A Representação foi recebida pelo Promotor Saulo Resende Moreira titular da Comarca de Itiruçu. 
Os peticionantes, Lourival Oliveira Neto, Irineu Amorim de Oliveira , Elysio Antonio da Silva Vianna e Maria Ione Lisboa Caires , juntamente com uma abaixo-assinado com cerca de 200 assinaturas, requerem, da empresa não só a volta do serviço de abastecimento de água , como a anulação das cobranças dos últimos dois meses (abril e maio) e meses vindouros caso os problemas persistam, ou devolução em dobro dos valores pagos a título de tarifas, bem como danos morais ante ao desabastecimento.
Segundo Lourival Neto, a Embasa  não vem cumprindo o contrato de adesão de prestação dos serviços de abastecimento de água no municipio lesando o Código de Defesa do Consumidor no seu artigo 22, que diz: "Os órgãos públicos, por si ou suas empresas, concessionárias, permissionárias ou sob qualquer outra forma de empreendimento, são obrigados a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos".
O Código de Defesa do Consumidor define ainda que os serviços de saneamento básico, como é o caso da água que é um bem essencial à vida humana, que deve ter fornecimento adequado e contínuo, além da garantia da efetiva reparação pelos danos causados pela falta do serviço.  
Foto Itiruçu Notícias


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação