Agricultor foi autuado por cavar poço sem autorização - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Plantão Escolar de matriculas vão até dia 08/02

A secretaria de Educação  do município de Itiruçu está realizado o esquema de plantão escolar matriculas em toda rede municipal de ens...


EDITORIAL

Refletindo: Histórias da politica de Itiruçu: O Otimista

Essa quem contava era o saudoso amigo Aguinaldo Pires (Gal Pires), ex- vereador e ex-presidente da câmara de Itiruçu, grande contador de causo, que morreu há três anos em um trágico acidente na BR-116 nas imediações de Itatim – BA.
1962, ano de eleição, em Itiruçu a disputa foi entre Valdeck Almeida (UDN), candidato do ex- prefeito Zé Bonfim e Josias Duarte (PSD), apoiado por Vivaldo Bastos e pelo ex-prefeito Geir Magalhães, tinha o povoado do Upabuçu como seu reduto eleitoral. Em um comício em Upabuçu, Josias percebeu certo desânimo no eleitorado, a incerteza da vitória era flagrante.
CONTINUE LENDO


COLUNA Êta lê lê



Êta lê lê Segunda-feira gorda do foguetório

Ao ter suas contas aprovadas por 7 a 2 na última sessão da Câmara de Vereadores da Boa Terra, o ex-prefeito Wagner Novaes era só alegria. Como os estampidos das bombas eram ouvidos nos quatro cantos da cidade, muitos ficaram imaginando o que teria acontecido:

"Quem chegou ou está indo para Bom Jesus da Lapa?";
"Hoje é festa de que Santo?";
"Aniversário de quem?";
"Quem tá jogando hoje?"

O que muitos não sabiam, era que a festa tinha um nome, Wagner Novaes. Este celebrava a vitória em casa, já que um pouco distante, 7 edis lhe dariam a honra de aprovar as suas contas públicas.

CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Agricultor foi autuado por cavar poço sem autorização

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 13 de abril de 2016 - 0 Comentários


Um produtor rural de 39 anos foi autuado  pelos militares da 2ª Cia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA). Ele ampliava recentemente, de forma irregular, um poço que já havia atingido a área de 0,365 hectares. De acordo com os militares, todo o trabalho foi executado com o auxílio de tração mecânica e o produtor não possuía licença ambiental dos órgãos competentes para a realização da obra.

O produtor foi orientado pela equipe de policiais a não realizar mais nenhuma intervenção no local. Um relatório fotográfico foi anexado à ocorrência e será encaminhado aos órgãos competentes para que as medidas cabíveis ao caso sejam adotadas. Se condenado, a pena pode chegar de seis meses a 1 ano de detenção ou multa, ou as duas penalidades, conforme o artigo 60 da lei Federal 9.605/98.

O 2º. Sargento Paulo Sérgio, que foi o responsável pela ocorrência, reforça que os proprietários de terras situadas nas áreas sejam rurais ou urbanas, antes executar qualquer intervenção precisam buscar orientação dos órgãos ambientais para evitar crimes contra o meio ambiente. 

Art. 60 da Lei 9.605/98 – Construir, reformar, ampliar, instalar ou fazer funcionar, em qualquer parte do território nacional, estabelecimentos, obras ou serviços potencialmente poluidores, sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, ou contrariando as normas legais e regulamentares pertinentes: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.
 


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores