Êta lê lê: O ano começa depois do carnaval? - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Êta lê lê: O ano começa depois do carnaval?

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 - 0 Comentários


Passado o carnaval, dizem na literatura de alguns que o ano de fato começa agora.
Começa agora?!
Quer dizer que o mês de janeiro foi um mês inexistente?
Quer dizer que as minhas contas pagas (luz, água, telefone, cartões e etc.) e tantas outras contas atrasadas de nada valem no mês que passou?

Ora, besta seria eu se assim acreditasse.

Essa cultura preguiçosa de que o ANO COMEÇA DEPOIS DO CARNAVAL, é um conceito da idiotice levado ao extremo.
O ano começa de fato no primeiro segundo de um novo ano e devemos ter a consciência de que o curso natural das coisas acontecem assim.  Aquele que quer ver seu País, seu estado e seu município na rota do crescimento, tem que arregaçar as mangas e ir a luta, fazer a diferença e assumir as suas responsabilidades diante daquilo que se propôs a fazer.
É assim que iremos fazer da nossa terra tão grandiosa quanto aos nossos sonhos.
Se o ano começa depois do carnaval - para alguns -, esses "alguns" devem trabalhar dobrado para recuperar o mês de janeiro e assim fazer valer a sua existência como cidadão de direitos e deveres.
O certo é, não se pode pensar num País gigante e de primeiro mundo, se antes, não sairmos do terceiro e enfrentarmos os desafios do dia a dia. Se quisermos ter um estado pujante, devemos trabalhar para que isso aconteça e se o nosso sonho é ter um município ideal as nossas vontades, devemos contribuir para que de fato isso venha a ser concretizado.
Aos gestores públicos cabem as suas obrigações e aos cidadãos comuns, a consciência de que o ano começa bem antes do carnaval.
Por Joselito Fróes


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif