Aleluia: “Facções do PT brigam e o povo paga o pato” - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha

EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO

COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Aleluia: “Facções do PT brigam e o povo paga o pato”

Por: Itiruçu Notícias - - domingo, 17 de janeiro de 2016 - 0 Comentários


“As brigas de facções dentro do PT se reproduzem em Brasília e na Bahia”, disse o deputado federal José Carlos Aleluia sobre as denúncias contra o ministro Jaques Wagner e o embate do ex-secretário estadual de saúde Jorge Solla com o atual governador Rui Costa. “Tanto lá quanto aqui o que há é disputa pelo poder e quem paga o pato é o povo”, afirmou o parlamentar ao ser abordado em entrevista à Rádio Vida FM, na manhã desta sexta-feira (15).
Para o presidente estadual do Democratas, Jaques Wagner, que estava se lançando como provável sucessor de Dilma, foi abrir a boca para dizer que o PT se lambuzou no poder, como se fosse o único limpo da história, e logo sofreu o bombardeio de fatos que comprometem as suas gestões como governador da Bahia em uma série de atos ilícitos.
“Foram os próprios companheiros petistas que, revoltados com a desfaçatez do ex-governador baiano, estimularam o vazamento das informações contra Jaques Wagner. Diante de tanta lambança, cabe agora ao atual ministro da Casa Civil de Dilma se afastar do cargo para se defender”, assinalou o deputado democrata.
Na opinião de Aleluia, até provar que não tem nada a ver com o revelado nos depoimentos de envolvidos na operação Lava Jato, que o acusaram de uso de dinheiro desviado da Petrobras para financiar sua campanha a governador em 2006, Wagner não tem condições de continuar sendo o articulador da presidente Dilma Rousseff.
Quanto à querela estadual do deputado Jorge Solla com o governador Rui Costa em relação à gestão da saúde pública no estado, Aleluia avalia que há também uma briga entre facções pelo controle da secretaria.
“Quem perdeu o poder, no caso, o ex-secretário Jorge Solla, está reclamando o seu quinhão. E nesta disputa quem fica no prejuízo é o povo baiano que continua sofrendo sem uma assistência digna à saúde. Cabe ao governador Rui Costa resolver o problema. Ele é o principal responsável por tudo de errado que há na saúde”.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif