Itiruçu: Presidente de partido de oposição recebia vantagens da prefeitura - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itiruçu: Presidente de partido de oposição recebia vantagens da prefeitura

Por: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 21 de dezembro de 2015 - 1 Comentários

O pedido de demissão de Ezequiel Borges da prefeitura municipal de Itiruçu foi vista com muita surpresa no meio politico do município, já que o mesmo é servidor do Governo do Estado da Bahia lotado no Hospital Geral Prado Valadares em Jequié.

Ezequiel Borges, que é o atual Presidente do PRB de Itiruçu, vinha acumulando o salário de funcionário do Hospital Prado Valadares, e um valor mensal como Agente de Portaria “EFETIVO” da Prefeitura Municipal de Itiruçu, o Salário de R$ 788,00 mais R$ 780,00 de “Salário Vantagens”, o que perfazia o total de R$ 1.568.00 mensais só na PMI. Sendo que não exercia a função no município.

A descoberta veio após seu nome ser divulgado no portal do TCM (Tribunal de Contas do Município), que de imediato ele pediu demissão da Prefeitura, o que poderia caracterizar “apropriação indébita”, levando quase um ano recebendo o salário da Prefeitura de Itiruçu, onde poucas, ou quase nenhuma pessoa sabia.
Final do ano passado, o mesmo, colocou um outdoor na cidade para  autopromover, uma doação de cadeiras de rodas, feita pela SESAB, porem que demorou algum tempo para ser entregue ao Hospital Local.
Informações via Itiruçu Acontece


Não se esqueça de ler isso também ...

1 comentários:

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif