Notícias do Vale

Notícias da Bahia

Noticias do Brasil

Opinião & Notícias

Audios & Vídeos

Uma adolescente de 14 anos de  Cristal Rodrigues Pacheco, foi assassinada na manhã desta terça-feira (02/08), no bairro do Campo Grande, em Salvador. 

O crime aconteceu por volta das 7h, em frente ao Palácio da Aclamação.  Conforme testemunhas, a vítima morava no Corredor da Vitória e estava indo para o colégio. Ela foi abordada por duas mulheres em uma tentativa de assalto.  

Cristal estava com a mãe e a irmã, de 12 anos, quando as três foram abordadas por duas mulheres. Imagens de câmeras no locsl mostraram a acão das duas suspeitas. 

Elas esperaram a família se aproximar, e abordaram as três. Uma das mulheres parou na frente de Cristal e anunciou o assalto. A adolescente foi baleada logo em seguida e caiu sentada no chão. 

De acordo com a polícia, o tiro atingiu o peito da garota. Depois do disparo, as suspeitas deram as costas e atravessaram a rua.  A autoria e motivação do crime são investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Visando coibir delitos, manter a ordem social e cessar as possibilidades criminosas, o Pelotão de Emprego Tático Operacional - PETO, juntamente com o 5º Pelotão, nesta quinta-feira 04/08, realizaram incursões e abordagens na cidade de Iramaia e em todo o seu entorno. 
 
O Comandante da 93ª CIPM, o Maj Alécio Marques, determinou que fosse elevado o nível de segurança naquele município com o objetivo de interromper as possíveis intenções delituosas e anular as ocorrências criminais, para dar continuidade à ordem e a paz social, característicos de Iramaia. 
FONTE: ASCOM - 93ª CIPM
A Policia Militar em Itiruçu nesta segunda-feira (01/08), juntamente com a guarnição da operação de reforço, por voltas das 05hoas da manhã tomou conhecimento que um veículo Gol Vermelho estava sendo usado  para o trafico de drogas na cidade. 
 
Segundo informações dos Militares um ação contínua da guarnição fez rondas pela cidade afim de localizar o referido veículo. O veiculo Gol vermelho de placa JMB 6369 - Itabuna foi localizado próximo ao hospital, sendo realizado o acompanhamento do veículo e dada a voz de abordagem. 
 
Ainda segundo a PM um indivíduo saiu do veículo e ofereceu resistência a abordagem, necessitando usar a força para contenção. Logo em seguida se procedeu a busca pessoal e veicular onde os policiais encontraram pequenas quantidades de entorpecentes. Quando foi dado a voz de prisão. 
 
O indivíduo, alegou estar passando mal, e foi encaminhado para o hospital de Itiruçu sendo medicado e liberado pelo médico plantonista. Em seguida, encaminhado para a central de flagrante em Jequié.
 
No local foi realizado uma segunda busca minuciosa, na presença do agente investigador, e foi encontrado na costura da Bermuda 2 trouxas de substância análoga à cocaína e um comprimido.

O veículo, o  celular marca Xiaomi,  e as drogas aproximadamente 200g de substância análoga à maconha; 3 trouxas de substância análoga a cocaína; 4 trouxa de substância análoga à maconha e 6 pinos de cocaína vazios para embalagem; foram aprendido na busca da PM.
Na revista da Depol foi encontrado mais 2 trouxas de cocaína e 1 Comprimido não identificado.
A Polícia Militar durante um  patrulhamento tático neste sabado (16/07), por volta das  16hs50min,  recebeu uma informação de um veículo roubado que estaria no municipio de Itiruçu. Segundo informações da PM, foi montado um bloqueio na Rodovia BA 250 (Vila Geraldo Cerqueira - Povoado do Feto), quando foi avistado um veículo  Fiat Palio cor prata, Placa Policial JQP-4044 . Durante a abordagem, os indivíduos apresentaram nervosismo e com  informações imprecisas. 
 
Um dos indivíduos não portava documentos de identificação e após busca em sistema, constatou-se que possuía mandado de prisão em seu desfavor, que o indivíduo responde quatro outros processos, sendo eles latrocínio (roubo seguido de morte), roubo, homicídio e porte ilegal de arma de fogo, sendo lhe dada voz de prisão. 

Durante a busca veicular foram encontrados aproximadamente 1kg de substância análoga à cocaína e 1kg de substância análoga ao crack, sendo dada voz de prisão também ao segundo indivíduo que já possui passagem pelo crime de tráfico de drogas. 

Os dois indivíduos e material apreendido cerca de 1,032 Kg de substância análoga à cocaína; 1,020 Kg de substância análoga ao crack; 01 peteca de substância análoga à cocaína; o Veículo Fiat Palio cor prata, Placa Policial JQP-4044;  01 Faca; e mais  R$353,00 em espécie supostamente oriundo de ilícitos, foram apresentados à autoridade competente para adoção das medidas cabíveis. 

Um policial militar, identificado como Fabiano Júnior Garcia, de 37 anos, matou oito pessoas, sendo seis da própria família, em Toledo e Céu Azul, cidades no oeste do Paraná. Os crimes foram cometidos na noite de quinta-feira (14) e foram confirmados pela Polícia Civil e Militar.

Fabiano matou seus dois filhos, uma enteada, a esposa, a mãe dele, um irmão e outras duas pessoas desconhecidas que estavam na rua. Após matá-las, ele se suicidou. Dentre as vítimas, três eram crianças.

O policial trabalhava há 12 anos no 19º Batalhão de Polícia Militar de Toledo. A PM informou que o agente trabalhou normalmente na quinta-feira e deixou o plantão por volta das 19h. A corporação acredita que, ainda na cidade de Toledo, Fabiano tenha matado a esposa e a enteada de 12 anos. Depois, foi até a casa da mãe dele, que foi morta a facadas. Em seguida, matou o irmão com disparos de arma de fogo. 


A suspeita é que depois disso ele tenha se dirigido para a cidade de Céu Azul, onde matou os dois filhos, com tiros, que moravam com a avó materna. De lá, teria retornado para Toledo, onde matou dois jovens aleatórios que estavam na rua. Após matar as oito pessoas, Fabiano Júnior Garcia, que exibia seu apoio a Bolsonaro nas redes sociais, se matou.

Há a informação de que Fabiano estava em processo de separação da esposa e tinha algumas dívidas, mas a motivação do crime ainda está sendo investigada.

A arma utilizada era da Polícia Militar do Paraná. O carro que era usado pelo agente foi apreendido e era particular. A Polícia Civil investiga a motivação das mortes.

Por meio de nota, a Polícia Militar lamentou o caso e disse que o policial envolvido no caso não tinha registros de problemas psicológicos. A PM disse que também disponibiliza atendimento psicológico aos policiais da re

Fotos e vídeos foram expostos em redes sociais sem consentimento da vítima Policiais da Delegacia Territorial de Caravelas prenderam, na terça-feira (12), um homem de 23 anos pelo crime de divulgação de cena de sexo. 

Ele foi flagrado com fotos e vídeos da ex, que haviam sido expostos nas redes sociais, na memória de seu celular. As equipes da Polícia Civil tomaram conhecimento de que uma jovem de 18 anos teve imagens íntimas expostas por um homem com quem havia tido um relacionamento. 

Ouvida pelos investigadores, a vítima informou que as fotos e os vídeos não tiveram seu consentimento e que, inclusive, durante a relação, ela havia deixado claro que não autorizava o ex a fotografá-la. O suspeito foi encontrado em seu lugar de trabalho, no distrito de Juerana, e conduzido à unidade policial. 

O celular foi analisado, com a concordância do proprietário, e no aparelho foram identificadas as imagens que estavam sendo divulgadas de maneira viral, ofendendo a dignidade e a intimidade sexual da vítima. 

Autuado em flagrante, o homem responderá a inquérito policial. O crime é punível com reclusão de um a cinco anos, se não constituir delito mais grave. 
Foto: Ascom-PC/Divulgação (Ilustrativa)
"Após troca de informações entre Polícia Civil e os Correios, foi possível identificar um lote contendo o material ilícito, que estava endereçado ao investigado Um homem acusado de colocar em circulação dinheiro falsificado no município de Irecê foi preso em flagrante na quarta-feira (13), por policiais da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), daquele município. As notas falsificadas eram adquiridas na internet e encaminhadas via Correios para a casa do investigado. 

Após troca de informações entre Polícia Civil e a empresa de correspondências, foi possível identificar um lote contendo o material ilícito que estava endereçado ao investigado. “Montamos uma campana e conseguimos flagrar o homem no momento em que recebia a encomenda. Ao realizar a abordagem, foi encontrado um envelope contendo R$ 2 mil em cédulas de R$ 50 falsificadas”, explicou o delegado Alex Nunes. Em depoimento, ele informou que adquiriu as notas através de um fornecedor virtual. 

Todo material foi apresentado na sede da Coorpin e o homem foi autuado em flagrante pelo crime federal de moeda falsa, que tem pena de reclusão de até 12 anos. Participaram também da ação policiais da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Chapada).
 Foto: Ascom PC" 

OUÇAWEB RÁDIO ITIRUSSU

Anúncios


Instagram

Facebook