Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads


Resultados encontrados: Mostrando postagens com marcador Geral. Mostrar todas as postagens

O aumento da alíquota de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre operações de crédito para empresas e pessoas físicas, determinado pelo Governo Federal, passa a valer a partir de 20/09/21 e segue até 31/12/21. A justificativa do Ministério da Economia é que o dinheiro arrecadado com a medida será usado para financiar o Auxílio Brasil, programa proposto pelo governo para substituir o Bolsa Família. As novas alíquotas, segundo o Ministério, reforçarão o caixa em R﹩ 2,14 bilhões.

A medida encarece o custo do crédito para empresas e famílias e pode ter impactos também na inflação e na atividade econômica, em um momento em que a taxa básica de juros também está subindo. Entre as operações de crédito que passarão a cobrar mais impostos estão o cheque especial, o cartão de crédito, o crédito pessoal e os empréstimos para empresas. De acordo com o decreto, as pessoas jurídicas passarão a pagar anualmente 2,04% (até então a alíquota anual era de 1,5%) e, as pessoas físicas, que antes pagavam 3% na alíquota anual, passarão a calcular o imposto sobre a alíquota de 4,08% ao ano.

Na visão do advogado Eduardo Natal, Mestre em Direito Tributário pela PUC/SP, presidente do Comitê de Transação Tributária da Associação Brasileira da Advocacia Tributária (ABAT) e sócio do escritório Natal & Manssur, uma intervenção tributária não é benéfica nesse momento conturbado da economia e pode ser questionada judicialmente. "A constitucionalidade dessa alteração de alíquotas merece ser questionada pelos contribuintes, pois o governo federal justificou o aumento como necessário ao custeio do Programa Auxílio Brasil, antigo Bolsa Família. E diferente das contribuições que devem ter sua destinação determinada, a arrecadação de impostos, como o IOF, não pode ser vinculada a uma finalidade específica, devendo ser remetida ao Caixa Único do Tesouro", explica Natal.

O argumento de falta de arrecadação também não se justifica, segundo o tributarista. "A arrecadação de impostos federais bateu recorde em julho deste ano e chegou a R﹩ 171 bilhões, valor 23% maior na comparação com o mês anterior e 35% superior ao mesmo mês do ano passado, isso quando descontamos a inflação. Em razão disso, quanto menos intervenção tributária tivermos nesse momento, melhor".

A saída, segundo Natal, seria o país concentrar esforços para diminuir o tamanho dos gastos públicos. "O que o país precisa é cortar seus gastos, o que está difícil. Essa é uma equação que não fecha", ressalta.

Impactos

O aumento do IOF, além de dificultar a tomada de crédito por parte de empresas e famílias, pode ter impacto direto no pagamento da próxima fatura do cartão de crédito dos brasileiros, pois, apesar de o imposto não incidir em compras nacionais, ele ocorre em compras internacionais, no momento do pagamento da fatura. Caso a cotação do dólar seja diferente do dia em que o produto foi adquirido, a base de cálculo será alterada e a fatura será maior ou menor, de acordo com o valor da moeda americana no dia.

O advogado especialista em Direito Tributário Sandro Ribeiro, sócio do Ribeiro Dutra Sociedade de Advogados, explica que não existe IOF no momento da compra, independentemente de onde ela foi feita, mas o imposto é cobrado no câmbio. "Em qualquer conversão de moeda estrangeira em nacional, haverá esse acréscimo".

Sandro explica que o consumidor tem que ficar atento, pois o IOF também será cobrado se ele não conseguir pagar o cartão de crédito integralmente. "Nesse caso, incide o imposto sobre todo o valor que ficou faltando da fatura", explica o advogado.

A medida do governo atinge as operações de crédito, mas não tem efeitos em operações de câmbio, como explica o especialista em Direito Tributário e Econômico e professor de Direito Tributário da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Gabriel Quintanilha. "Não há nenhum impacto no mercado internacional, pois o câmbio não foi afetado pelo aumento do IOF. Mas a medida aumenta o custo do crédito, que ainda é muito impactante na retomada da atividade econômica", ressalta Quintanilha.

Nego Do Borel foi expulso do reality show A Fazenda após acusação de suposto estupro de Dayane Mello. A equipe do cantor confirmou por meio de um comunicado a saída dele da casa. 
"Nós da equipe do cantor Nego do Borel informamos oficialmente a saída do cantor do Reality A Fazenda. É muito triste conviver num mundo em que tudo que você faz seja julgado e interpretado com base no que acreditam que você seja e não quem você é de verdade. Lamentamos que assim como aqui fora o cantor tenha sido julgado desta forma dentro do reality, no qual em alguns poucos momentos conseguiu se divertir sem todos esse olhares e apontamentos que o cercam. E se comprime em junto com a sua equipe jurídica, provar mais uma vez toda a sua inocência. Nós também agradecemos o apoio que ele vem recebendo de todos os seus fãs e pedimos a imprensa para que aguarde pronunciamento oficial, que acontecerá em breve. Deixamos claro que somos a favor de que a justiça seja feita e por pedimos para que evitem julgamentos sem provas ou baseados em pequenos recortes da internet", informou. 

A Record também emitiu um comunicado sobre a saída do cantor. 

"A Record TV informa que, desde a manhã deste sábado (25), trabalha na apuração criteriosa em relação aos acontecimentos desta última noite no reality A Fazenda envolvendo o Nego do Borel e Dayane Mello. Uma equipe multidisciplinar cuidou da análise de todo o material gravado, além de aguardar pelo despertar da Dayane e dos demais peões para juntar mais elementos, falas e depoimentos que pudessem amparar a decisão a ser tomada. Além do atendimento psicológico, Dayane passou por uma entrevista completando os elementos primordiais para uma tomada de decisão justa

Diante dos fatos apurados, a direção da Record TV decidiu pela retirada do Nego do Borel da competição. 
Todos os detalhes serão esclarecidos ao público no programa deste sábado." 

Entenda o caso:

A equipe jurídica de Dayane registrou a ocorrência na Delegacia de Itapecerica da Serra (SP), local onde acontece o reality. De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o advogado apresentou imagens para justificar a ocorrência, além de relatar os fatos. Após os acontecimentos da noite passada, em que Nego do Borel deitou ao lado de Dayane Mello, visivelmente bêbada, a equipe da peoa informou que seus advogados estavam na porta do reality. 
Dayane, inclusive, foi chamada pela produção do programa e saiu pelo portão da sede.

A peoa foi ouvida por psicólogos e pela direção de "A Fazenda". Mais cedo, a equipe de Dayane, ex-participante do "Gran Fratello Vip" disse que todas as providências seriam tomadas, pois ela estava completamente inconsciente. 

Após a produção apagar as luzes da sede, não foi possível ver a cama em que Nego do Borel e Dayane estavam deitados, mas era possível ouvir alguns comentários da participante. Em diversos momentos, ela pediu que o cantor 'parasse': "Para com isso, Nego".  

Ele está sendo investigado pela Polícia Civil de São Paulo por suspeita de estupro de vulnerável contra Dayane Mello na madrugada de hoje. Segundo informações, a pressão dos patrocinadores e a consulta com o jurídico da emissora pesaram na decisão.
Encerrou nesta sexta-feira(24) o curso profissionalizante de maquiagem. O curso foi ministrado pela profissional Camila Araújo, na Casa da Cultura, na praça Vivaldo Bastos no centro da cidade, que formou as  primeira turma do curso profissionalizante de maquiagem.

A coordenadora  do Centro de Referencia de Assistência Social - CRAS, Lili Serra disse que "o CRAS  através de ações apoiadas pela Prefeitura Municipal de Itirucu e a Secretaria  de Assistência Social, busca capacitar pessoas através  de iniciativas como estas com a expectativa de gerar novos profissionais , propociondo  independência  financeira  e pessoal".
Fonte: PMI



Na manhã desta sexta-feira (24) foi dia de reforçar a imunização dos idosos do lar de idosos Padre Lucas De La Vila Llorente em Brejões com a 3ª dose da vacina contra a covid-19.

A terceira dose contra Covid-19 já chegou a idosos acima de 80 anos, objetivo é reforçar a imunização deste público, principalmente para conter as variantes do vírus, como a Delta e será aplicada em Idosos que completam seis meses do recebimento da segunda dose.

Os idosos com idade acima de 80 pode tomar a 3ª dose na Unidade da saúde da Família Eurides Lopes da Silva, na sede do município ao lado da prefeitura de Brejões e Unidade de saúde da Família Fernando Lopes da Silva, no Distrito Serrana, de segunda a sexta das 08 ao meio-dia e 14 às 17 horas.

Apoiadores  de Bolsonaro  protestam contra  o prefeito do Rio e dizem ser minorias como os LBGTs. O grupo se negar a tomar a vacina contra a covid-19.
Eles dizem que o prefeito é incoerente, porque  adesivou a cidade com propaganda  LGBT dizendo que as pessoas precisam respeitar as minorias e porque eles também  serem minorias  e que não querem ser vacinados  exigem respeito igualmente.

O que é considerado uma  comparação estapafúrdia, já que o público LGBTs  não ameaça  a vida de ninguém, não ameaça a saúde  pública, já aos que se negam a tomar a vacina, não estar só se prejudicando, estar colocando em risco toda coletividade. 

A reação dos devotos de Bolsonaro segundo as informações apuradas, foi devido a medidas tomadas pelo prefeito contra os negacionistas. Entre elas exigir que todos os servidores municipais tomem a vacina contra Covid.

Bolsonaro já tinha se manifestado contra o prefeito:
“Como é que você pode ver, o prefeito do Rio de Janeiro obrigando o servidor público a tomar vacina. São alguns dos projetos de ditadores aqui no Brasil. Um é o Eduardo Paes, no Rio de Janeiro. E nós vimos muitos governadores fazendo coisas terríveis durante a pandemia, como toque de recolher, lockdown, confinamentos, prisões, entre outras barbaridades", disse Bolsonaro.
O prefeito Eduardo Paes disse respeitar a ciências e a vida.

“O que vai nos nortear aqui vai ser a ciência. Nós não acreditamos em teses delirantes. Nós trabalhamos respeitando a vida e não dialogando com a morte, como parece fazer permanentemente o senhor presidente da República desde que essa pandemia começou. Talvez seja a insensibilidade que faz com que o senhor presidente da República tenha devaneios tão assustadores como a gente tem visto ao longo dos últimos tempos, especialmente quando a gente lida com vidas humanas. É uma completa falta de sensibilidade, de empatia, de respeito ao próximo e um permanente diálogo com a morte”, afirmou Eduardo Paes.

Neste sábado (25) a equipe de atendentes estarão a postos  para  trabalhar  no ultimo dia de marcação das consulta para quem quer, e precisa de  exame de vista, avaliações oftalmológicas e teste do olho totalmente gratuito. 

A iniciativa  faz parte da Campanha "A Semana da Saúde Visual" realizada pela Prefeitura de Itiruçu, a Secretaria de Saúde em parceria com a Associação "Olhar pelo Próximo",
Os procedimentos serão realizado a partir do dia 4 de outubro. Primeiro será feito os atendimentos no Distrito de Upabuçu e logo após na sede do município. No ato da marcação da consulta as pessoas ficam sabendo o dia e horário que receberá o atendimento. 

E a primeira vez que o município tem uma campanha deste porte que abrange toda população dependendo exclusivamente do cidadão para marca sua consulta, e o melhor que é totalmente gratuito.  

A marcação das consultas deste sábado (25), continua  sendo realizada  no Centro de Artesanato, na Praça Gilberto Scaldaferri. Os atendimentos serão das 8h00 às 11h30 e de 14hs00min, às 16h30min. Serão obrigatório apresentar documentos de identificação RG, CPF, numero de telefone e comprovante de residência. E participar de uma palestra educativa sobre a saúde visual.

No caso dos exames de vista caso necessite do uso de óculos,  a armação e lentes fica por conta do paciente que poderá comprar aonde for mais acessível ou desejar.



Em Itiruçu está preste  iniciar a construção de uma escola estadual com auditório e com o  centro esportivo, mas  o impasse agora é apenas  na localização. Já que o Governo do Estado deseja usar o terreno onde está localizado o Prédio do Fórum que foi desativado pela Justiça Estadual além o anexo onde funciona o CEJUSC, além de um terreno ao lado que também é de propriedade do Governo do Estado .

Diante da informação, o Itiruçu Notícias em contato com a prefeita  de Itiruçu a médica Drª Lorenna, buscou aprofundar mais detalhes sobre esse assunto.  Ela disse que não estaria de acordo em demolir o que já existe como estrutura e funcionalidade, e que já propôs ao governo estadual algumas alternativas em relação outros terrenos.
— Nós oferecemos ao governo um terreno localizado próximo ao IED de propriedade de Silvio D Antônio que teria  se prontificado a ceder o terreno,  em um gesto muito bonito,” comentou a prefeita.

A prefeita disse no entanto que vai lutar para ganhar um empreendimento sem perder o que já tem, que não é favorável  a escolha do governo de usar o terreno do fórum, muito menos demoli-lo, mas ressaltou que a decisão final é do Governo Estadual.
— "Justamente com Deputado Jorge Solla, a gente estar solicitando ao Governo para mudar de Ideia," conclui a prefeita.

A gestora disse que mantém a pretensão de transformar o Prédio do Fórum em uma extensão da  sede da Prefeitura.   Até mesmo já estava em andamento a transferência de setores administrativos para o prédio do antigo Fórum, porém foi suspensos essa mudanças já que todos atos da ex-presidente do TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia) foram cancelados após esta, está envolvida em processos judiciais que resultou na suspensão de suas decisões, e que o município então aguarda outra decisão. Que o prédio por enquanto é de responsabilidade do Tribunal de Justiça da Bahia.

O uso do terreno com possibilidade de demolição do  antigo Fórum está condicionado a decisão do Governo do Estado e divide opiniões de ambos lados . Alguns acha que o prédio deve ser  demolido para o terreno ser melhor aproveitado para a construção Escola Estadual com Auditório e  Centro Esportivo que promoverá  a busca de um espaço para melhor investimento na educação no entretenimento e no esportes . 

Outros acham que o prédio deve continuar para se manter vivas as chamar  da esperança  de que o  Fórum volte a funcionar como comarca do município . Ou até mesmo seja a sede da prefeitura futuramente.

O juiz Marcello Rubioli, da 1ª Vara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), sustentou que identificou “indícios rotundos de atividade criminosa em regime organizado” cometidos pelo vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos). Carlos Bolsonaro teria seis núcleos de atuação Caio César / CMRJ Em sua autorização de quebra dos sigilos bancário e fiscal do filho do presidente ao Ministério Público do Rio (MP-RJ), o juiz alega que “os elementos de informação coligidos aos autos, mais notadamente quando se atenta ao vasto acervo de documentos que acompanham o expediente investigatório,  apontam para a existência de fortes indícios da prática de crime de lavagem de capitais”. As informações são do portal Uol.

Para o juiz, Carlos Bolsonaro é tido como chefe da organização criminosa, “até porque o mesmo efetua as nomeações dos cargos e funções do gabinete”, informou a reportagem.
Os investigadores do Ministério Público reforçam ainda que, “para operacionalizar o desvio, é necessária a convergência da atuação do vereador, que se encarrega da indicação dos assessores “fantasmas” (e figura como beneficiário final do peculato), dos chefes de gabinete que atestam falsamente o desempenho da atividade profissional dos assessores, e finalmente dos ocupantes de cargos comissionados, concordam em ser nomeados formalmente na Câmara Municipal, sob compromisso de repassar mensalmente parte da remuneração do cargo aos demais integrantes da organização criminosa, contribuindo para o desvio da verba orçamentária”.

O órgão alega que a organização criminosa comandada por Carlos Bolsonaro teria seis núcleos de atuação. O primeiro – e mais numeroso – seria o de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-chefe de gabinete do vereador, e segunda esposa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O Ministério Público também apontou que os depoimentos prestados pelos ex-funcionários de Carlos foram “previamente combinados

Ramon dos Santos de 25 anos, natural de Itiruçu, vulgo 'Batata' foi julgado pelo conselho de sentença em Júri Popular, realizado na Câmara de Vereadores de Itiruçu, nesta quinta-feira (23), sendo condenado há 13 anos de reclusão em regime fechado pelo crime de homicídio qualificado contra a vítima Joselito Batista Rodrigues.

Joselito Batista, a vítima, morreu no dia 20 de julho de 2018 por complicações provocada pelos ferimentos a balas, deflagrada por Ramon no dia 9 de julho daquele ano, na localidade conhecida por  Rua do Buraco onde residia. Joselito teria sido atingido na parte de trás da cabeça por três tiros efetuados de uma arma de fogo calibre 32. Ele não morreu na hora, foi socorrido, passou por cirurgias, teve alta, mas acabou tendo infecções em virtude dos ferimentos que o levou a morte.

Perante o júri, Ramon mudou a versão negativa do fato, dizendo que falaria a verdade. O mesmo assumiu que foi ele quem atirou na vítima, mas sem intenção de matar. Que teria pedido a Deus para o mesmo escapar. Ele negou que a motivação do crime tivesse a ver com o tráfico, que ele não traficava mais, alegando que Joselito teria assediado uma mulher com quem ele mantinha um relacionamento, que após uma briga, ele teria seguido a vítima e efetuado os disparos. Ele contou ainda que o Joselito o ameaçara de morte antes, e que ele teria ido a um bar onde ocorreu a contenda portando uma arma de fogo, que foi usado para o crime após a saída do bar. Ramon alegou legitima defesa e questionou não ter sido ele a causa da morte de Joselito, mas sim a falta de cuidado que o mesmo teve após ter tido alta do Hospital.

A tese do réu foi refutada pelo promotor Dr. Lucio Meira Mendes, representante do Ministério Público, que tentou convencer o jurado de que o crime teria sido cometido por motivo torpe, em forma de emboscada e sem dar chance de defesa para a vítima, que estava bêbada. O Promotor também acusou e lançou dúvidas sobre a alegação da defesa, frisando a possibilidade de o crime ter relações com o tráfico, seguindo o que teria dito a polícia, de cujos autos afirmara que o réu possuía relação o tráfico e que ambos eram usuários.

Já o Advogado Dr Nilton Sena argumentou com o jurado que não havia provas de envolvimento com o tráfico de seu cliente, assumindo que o mesmo seria condenado, mas sem o agravante da motivação pelo tráfico. Ele disse ainda que no vídeo gravado pela delegada Dra Maria do Socorro com a vítima, o próprio Joselito falou que não sabia por que Ramon havia atirado nele. Isso para o delegado bastava para fazer o que ele considerava justo. Que condenasse Ramon, mas sem imputar a ele o relacionamento com tráfico.

Por fim o corpo jurado entendeu que o réu cometeu crime qualificado, mas não aplicando pena máxima de 30 anos, e sim uma pena de 13 anos de reclusão em regime fechado.

Ramon foi recentemente acusado de participação no latrocínio do senhor João Lino, mas faltar provas, foi inocentado.

Conduziu o Júri a Juíza Dra  Andrea Padilha Sodré Leal Palmarella.
Abaixo um artigo elaborado pelo ex-corretor do Enem, Cícero Gomes, sobre como tirar nota máxima na redação. O texto além de dicas, também revela como é feita a correção dos candidatos. leia: 

— Falta pouco para a principal porta de entrada no Ensino Superior do Brasil: o Enem. O exame 2021 já conta com mais de 3 milhões de inscritos - e o Inep abriu novamente as inscrições para estudantes de baixa renda até o dia 26 de setembro. Seja em novembro ou apenas em janeiro, como aconteceu com a edição de 2020, posso afirmar, por experiência própria, que a redação é o momento mais tenso e que gera preocupação dos alunos. Como professor de redação e ex-corretor do Enem, tive a oportunidade de avaliar mais de 10 mil redações em 21 anos e posso dizer, para desmistificar esse assunto, que é perfeitamente possível escrever uma redação que mereça a nota máxima dos avaliadores.

Afinal, o que é uma boa redação? É um texto com uma letra bonita? É uma história criativa? Essa é uma dúvida muito comum. Na escola, o padrão é cada professor definir, a partir das próprias preferências pessoais, ou de seu sistema de ensino, o que é um bom texto. Alguns valorizam muito a apresentação da redação, enquanto outros consideram que a criatividade é o principal ponto. Outro critério muito usado é a utilização correta e bem explorada da gramática. O importante aqui é saber que, em provas e vestibulares sérios, há regras claras para definir o que são textos bons. Embora essas regras variem, elas tendem a seguir um padrão: um bom texto é aquele que consegue cumprir as regras do tema e do tipo de texto (ou gênero) pedidos. No caso do Enem, é exigido exclusivamente o tipo de texto dissertativo-argumentativo.

Para quem ainda tem dúvida, a dissertação argumentativa é um tipo de texto em que o autor deve buscar defender uma tese (uma opinião sobre determinado tema) por meio de argumentos para um leitor universal. O autor deve ser impessoal, ou seja, não deve usar a primeira pessoa do singular e não deve fazer referências a si mesmo.

Ao contrário do que muitos imaginam, a dissertação argumentativa pode e deve conter a opinião do autor. No entanto, essa opinião não deve ser exposta como uma ideia pessoal ("eu acredito que a educação é importante") e sim como uma verdade absoluta ("a educação é importante"). E, diferente do que muitos afirmam, não é necessário ter uma opinião igual à do corretor para garantir uma nota alta na redação. O que torna um texto dissertativo-argumentativo bom é a qualidade dos argumentos, não a opinião escolhida. Isso porque os examinadores do Enem não esperam ser emocionados ou surpreendidos com as redações: eles procuram elementos técnicos, especialmente a adequação à proposta e o atendimento a algumas características da prova.

A prova do Enem costuma tratar de assuntos da atualidade, quase sempre enfatizando a realidade brasileira. Sempre apresenta uma coletânea de textos motivadores, que trazem informações sobre o tema e podem ser aproveitados na redação (eles costumam conter dados numéricos e estatísticos, que podem ser aproveitados na argumentação). Outra característica importante: todo tema de redação do Enem pede ao candidato que elabore uma proposta de intervenção para o problema abordado, demonstrando respeito aos direitos humanos. Isso significa que o autor sempre precisará fazer uma sugestão de uma ação a ser tomada que seja capaz de diminuir o problema discutido.

Cada corretor dará ao texto uma pontuação de 0 a 200 pontos em cinco critérios diferentes, chamados pelo Inep de "Competências". Portanto, a pontuação final varia entre 0 e 1000. As competências do Enem são: demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa; compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista; demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação; elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Outra curiosidade é que cada redação é avaliada por dois examinadores, que não conhecem a pontuação dada pelo colega. Isso é feito para diminuir o risco de haver subjetividade na correção: se um dos profissionais der uma nota muito diferente do outro, isso é chamado de "discrepância". No caso do Enem, é aceitável uma diferença de até 100 pontos na pontuação da redação, ou até 80 pontos em cada um dos critérios. Se a diferença for maior que essa, a redação será avaliada por um terceiro examinador, mais experiente. Se ainda assim a discrepância permanecer, o texto será avaliado por uma comissão formada por três profissionais, que decidirão a pontuação final.

Outras dúvida comum: é possível tirar nota zero na redação? Sim, é possível. Mas é fácil tomar providências para que isso não aconteça: não fuja do tema, não escreva textos muito curtos (7 linhas ou menos), não xingue ou faça desenhos, não brinque incluindo uma receita de miojo ou o hino do seu time de futebol. Estude atualidades, pois os temas, na grande maioria das vezes, exploram acontecimentos recentes como gancho. Pratique todos esses pontos, planeje bem o seu texto e boa prova. 

Texto Cicero Gomes, consultor de Cultura e Inovação da Evolucional

Essa história começou há quatro mil anos na China. Uma misturinha de leite e arroz, acidentalmente congelada pela neve, transformou-se em uma sobremesa conhecida por muitos como raspadinha, em que apenas a nobreza tinha acesso ao consumo desse maravilhoso doce. E nem imaginavam que em terras brasileiras, o sorvete seria considerado o queridinho da maioria.

O ‘Dia do Sorvete’, comemorado dia 23 de setembro, marca também o início de uma nova estação do ano, a Primavera, e para celebrar esta data, a DogHero, maior empresa de serviços para pets da América Latina, preparou receitas para surpreender os pets e para que eles possam se refrescar junto com seus tutores.

Thais Matos, médica veterinária e especialista da área de Confiança e Segurança da DogHero , explica que ao inserir essa opção refrescante para o pet nos dias quentes, há também o aporte nutricional que deve ser levado em consideração. "As vitaminas e minerais ajudam no fortalecimento do sistema imunológico dos pets. O morango, por exemplo, é uma das poucas frutas que pode ser oferecida com casca e sem descartar as sementinhas. Possui um teor considerável de vitamina A, B e C, além de ser rica em antioxidantes".

Outra dica importante está relacionada aos nutrientes encontrados na banana. "A banana é uma das frutas que cães podem comer, mas que deve ser dada de forma controlada para evitar problemas como obesidade, devido ao seu alto teor de açúcar (frutose). É rica em vitaminas (A, B6 e C), fibras e minerais (cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio). O potássio, por exemplo, ajuda no funcionamento muscular e no fortalecimento de ossos", completa Thais.

Entre as frutas liberadas para o consumo dos pets, ou seja, que tem o sinal verde que para os tutores possam inserir no dia a dia do seu animal de estimação estão: Banana; Melancia; Morango; Manga; Kiwi; Melão; Goiaba; Jabuticaba; Caju e Pitaya. Se atente para retirar a casca e também aos caroços e sementes. Confira a seguir as receitas de sorvete para se deliciar com o seu pet:

Sorvetinho de melancia para os cães

Você vai precisar de:
• Meia melancia sem caroço
• Folhas de hortelã
• Um liquidificador ou processador
• Forminhas de gelo ou de sorvete

Como fazer? Bata a melancia sem caroço em um liquidificador até formar um suco. Em seguida pique as folhinhas de hortelã e misture com ele. Então, despeje o conteúdo em uma forma (forminhas de gelo) e leve ao freezer.

O sorvete pode ser servido sozinho como "petisco", colocado para derreter na água do cãozinho ou, se feito em uma forma grande (como num pote de sorvete de massa, por exemplo), colocado no chão para que o pet se entretenha fazendo ele derreter. Observação: se o seu cãozinho mostrar que não curte muito a fruta usada, tente outras opções. Por exemplo, suco de maçã natural sem caroço ou suco de cenoura. Mas, caso você queira variar a receita do sorvete para seu cãozinho, não se esqueça que nem todas as frutas ele pode comer. De toda forma, consulte seu médico veterinário de confiança.

Gelinho de banana para seu cãozinho

Você vai precisar de:
• Uma ou duas bananas
• Água filtrada
• Forminhas de gelo ou de sorvete

Como fazer? Corte a(s) banana(s) em rodelas pequenas. Em seguida coloque-as em uma forminha de gelo de sua preferência (uma ou duas rodelas em rodelas em cada cubo). Cubra a forminha com água e leve ao congelador. É super prático e rápido para refrescar o seu filhote em dias de muito calor ☀. É muito fácil de fazer! É só pôr a água e a bananinha, colocar no congelador e tá pronto o gelinho ❄. A receita também está disponível, com vídeo explicativo , no Instagram da DogHero.

Sorvete de morango para o pet

Você vai precisar de:
• Morangos
• Água mineral ou filtrada
• Forminhas de gelo ou de sorvete

Como fazer? Pique os morangos em pedacinhos, só retirando a folhinha. Bata em um liquidificador com a água. Coloque em uma forminha (formas de gelo) e congele. Depois de congelado, é só desenformar e servir para o cãozinho!

Informações Rosângela Andrade  / imagem divulgação/Doghero)

Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), da última terça-feira, dia 21 de setembro, portaria nº 96/2021 que prorroga a fase de avaliação das inscrições e análises dos documentos dos atletas, do Edital do Bolsa Esporte nº 01/2021, até o próximo dia 28/09. O Edital e seus anexos podem ser consultadas no site da Sudesb.
 
Programa - Com um investimento de R$ 1,2 milhão, o edital oferece benefícios mensais de R$380 a R$ 2 mil para atletas baianos radicados no Estado, desde a iniciação até o alto rendimento. O apoio é concedido pelo prazo de um ano e renovável por igual período. Serão atendidas 37 modalidades Olímpicas e 21 Paralímpicas, além de mais 25 classificadas como modalidades reconhecidas e vinculadas.

Criado em 2011, o Bolsa Esporte já investiu nos seis editais cerca de R$4,8 milhões. Entre os atletas já contemplados, encontram-se o medalhista de ouro Olímpicos e Paralímpicos. 

 Veja as etapas: 

 

Etapa 

Data 

Avaliação das Inscrições e análise das documentações 

21.09.2021 a 28.09.2021 

Divulgação do Resultado Preliminar 

29.09.2021 

Apresentação de Recursos 

30.09.2021 a 04.10.2021 

Análise dos Recursos 

05.10.2021 até 11.10.2021 

Publicação das decisões recursais proferidas, divulgação do Resultado Definitivo do Processo de Seleção 

13.10.2021, podendo ser antecipada na ausência de recurso. 

Fonte Ascom Sudesb

As meninas que ainda não fizeram inscrição para participar do projeto Esporte na Cidade terão nova chance. É que nesta segunda-feira, dia 27 de setembro, entre 9h e 17h, a iniciativa fará um novo dia de matrículas para crianças e adolescentes entre 7 e 17 anos interessadas em aulas gratuitas de futebol feminino, no estádio de Pituaçu, em Salvador.  

Pais e responsáveis das alunas interessadas deverão realizar as inscrições na sala de imprensa (acesso vestiários). Vale ressaltar que o projeto é exclusivo de futebol feminino. Para garantir a vaga da aluna, os pais devem levar os seguintes documentos: declaração de escolaridade (comprovante de matrícula), cópia do RG do aluno e do responsável, cópia do comprovante de residência.

Em Salvador, o Esporte na Cidade é realizado pela De Peito Aberto (DPA) por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte com patrocínio do Itaú, da Rede, do SporTV, e da White Martins e apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Todas as alunas inscritas receberão camisa, short, meião, calçado e máscara para u tilização durante as atividades do projeto.

Futsal – O segundo dia de inscrições para aulas gratuitas de futsal, que serão realizadas no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, acontece na próxima quarta-feira (29). Ao todo, são 150 vagas para meninos e meninas, entre 7 e 17 anos de idade. As inscrições serão realizadas no próprio ginásio de Cajazeiras, de 09h às 17h.  

Para garantir a vaga dos interessados, os pais devem levar os seguintes documentos: comprovante de matrícula, cópia do RG do aluno e do responsável, cópia do comprovante de residência.

Em Cajazeiras, o Oportunidade Através do Esporte é realizado pela De Peito Aberto (DPA) por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte com patrocínio da CCR Metrô e apoio da Superintendência dos Desportos do Estdado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Todos os alunos inscritos receberão camisa, short, meião, calçado e máscara para utilização durante as atividades do projeto.

Ascom Sudesb

Num cenário de retomada econômica em diversos segmentos, quais tendências de consumo começam a se estabelecer no mercado e podem influenciar o posicionamento das marcas? Esta será a temática central do Geotrends, maior evento de inteligência geográfica do país, promovido pela Geofusion, que chega à sua 14 edição, entre os dias 28 e 29 de setembro.

- O objetivo do encontro, que será realizado inteiramente online, é debater o novo comportamento do consumidor desde a chegada da pandemia e a importância dos dados para que o negócio possa sempre estar à frente da concorrência - explica Valéria Duarte, Diretora de Operações da Geofusion, a maior empresa de inteligência geográfica no Brasil.

O Geotrends contará, entre outros, com representantes de grandes empresas no mercado, como Itaú BBA, Ibevar, Live University, SMZTO e Semrush Brasil.- O consumo passou por mudanças significativas neste mais de um ano e meio.

- As empresas vão precisar ter em mãos dados estratégicos para entender para onde o seu cliente em potencial foi, qual o seu comportamento enquanto consumidor, para fazer um planejamento seguro sobre os próximos meses. Talvez esse seja o grande desafio da reabertura que vivemos agora - conclui Duarte.

Imagem -Reprodução

Neste sábado, 25 de setembro, os moradores de Maracás irão notar algo diferente na rotatória da Avenida Brasília. A Largo | Vanádio de Maracás estará no local a partir das 8h, para realizar uma “blitz” educativa, com distribuição de brindes e material informativo sobre segurança. A ação celebra o Dia Nacional do Trânsito e acontece logo após a Sipatmin (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho na Mineração), que promove atividades para o público interno da companhia até sexta-feira.

“A Sipatmin é voltada para colaboradores da empresa, mas entendemos que segurança é um tema de interesse de todos e devemos estender os cuidados também para a comunidade, por isso decidimos extrapolar os limites da companhia e levar conscientização para os demais moradores de Maracás. É uma ação que está alinhada com os nossos princípios de responsabilidade social”, explica Jonas Silva, coordenador de Segurança do Trabalho da Largo | Vanádio de Maracás.

A “blitz” aposta no mesmo princípio da programação interna: “O comportamento seguro começa pelo seu exemplo”. A ideia é sensibilizar a população, enfatizando que os cuidados devem ser permanentes, seja no ambiente de trabalho, em casa ou nos momentos de lazer. A segurança no trânsito foi o tema escolhido para a ação por ser uma questão presente no dia a dia da comunidade.

Durante a ação, a equipe da Largo Resources | Vanádio de Maracás distribuirá material educativo com dicas importantes de como verificar documentação e equipamentos de segurança do veículo, usar o cinto de segurança corretamente, respeitar sinalização e limites de velocidade, nunca utilizar o celular enquanto dirige e jamais combinar bebida alcoólica com direção. Alguns desses temas o público já vem acompanhando nas redes sociais da @vanadiodemaracas, em vídeos nos quais o ator Alan Miranda lembra a importância da segurança sem perder o bom-humor.


A Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, o texto-base do novo Código Eleitoral. O projeto, com 902 artigos, aglutina em um só texto toda a legislação eleitoral e temas de resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A proposta, que para ser aprovada precisa ser votada em segundo turno, trata de assuntos como inelegibilidade, prestação de contas, pesquisas eleitorais, gastos de campanha, acesso a recursos dos fundos partidário e de campanha, entre outros.

Para o advogado e professor Acacio Miranda da Silva Filho, especialista em Direito Constitucional e Penal, alguns pontos da proposta são muito sensíveis para a sociedade, como a utilização do dinheiro público nas campanhas. Ele lembra que além do aumento do valor do fundo eleitoral, está em discussão que os partidos tenham menos obrigações para fazer a prestação de contas. "Em se tratando de dinheiro público, isso é um grande problema. Os partidos estariam gastando mais sem que a população e os órgãos de controle tenham acesso para saber com o que foi gasto e com qual finalidade", afirma.

Ao comentar a permissão para propaganda política em templos e universidades, o advogado avalia que esses dispositivos foram criados a fim de confrontar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, nas eleições de 2020, foi contundente no combate daquilo que se chama "abuso do poder religioso". "Hoje, o Congresso Nacional é composto por várias bancadas religiosas e diante disso, essas bancadas entenderam por bem dar uma resposta ao Tribunal". Já a defesa de candidaturas em universidades é um contrassenso para Acacio, uma vez que essas mesmas bancadas defenderam aspectos relacionados à escola sem partido. "São duas respostas a entendimentos judiciais que acabam permitindo a utilização indiscriminada destes estabelecimentos coletivos para a realização de campanhas eleitorais", observa o advogado.

Outro ponto do novo código visto com bastante ressalva é o aumento da janela partidária. Com a mudança, os candidatos terão prazo maior para mudar de partido e disputarem a eleição subsequente. "Isso é ruim para democracia, para manutenção da ideologia partidária e, mais do que isso, dificulta que os eleitores votem em candidatos vinculados ao seu pensamento, para cobrá-los depois", conclui.

Bolsonaro mais uma vez mostrou a falta de preparo para exercer a função  de presidente do Brasil, é o que analista políticos de todo mundo  avaliaram. Principalmente o que aconteceu nesta terça-feira(21) frente à comunidade internacional.

Na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, Bolsonaro mentiu do começo ao fim do seu breve pronunciamento. Com a dificuldade habitual no trato das palavras e a insegurança que o caracteriza, leu o pronunciamento como estivesse no cercadinho de Brasília. "Bolsonaro saiu do cercadinho para ir à ONU, mas o cercadinho não saiu dele" dizem os críticos

Bolsonaro  atacou a imprensa nacional e internacional deixando claro que é um inimigo da liberdade de opinião. Afirmou que iria apresentar um Brasil diferente. E cumpriu a promessa, apresentando um Brasil totalmente fora da realidade.

Bolsonaro afirmou que no seu governo não há corrupção, omitindo vários fatos que compromete seu governo e sua família. A existência de uma CPI da Pandemia, dos desvios na compra das vacinas e de medicamentos e equipamentos para o combate à Covid-19, das rachadinhas

 Não satisfeito omitindo  os crimes que cometeu durante a pandemia, afirmou, sem corar, que o Brasil estava à beira do socialismo.” Socialismo? Onde? No Brasil? Quando? Temer fez um governo socialista? Dilma? Com o apoio da Igreja Universal? E do Centrão? Que socialismo foi esse? são as perguntas que ficaram no ar.

Bolsonaro, contrariando  todas as evidências, afirmou que temos uma legislação ambiental que é um exemplo para o mundo – omitindo os graves crimes contra a natureza que vem patrocinando desde janeiro de 2019 – e ao citar as comunidades indígenas proclamou que os indígenas querem trabalhar, como se não trabalhassem, vivessem no ócio. O ex-ministro  do Meio Ambiente Ricardo Salles teve de sair do ministério  por ser  acusado envolvimento em um esquema de exportação ilegal de madeira. O Presidente da Funai ainda prometeu que vai processar indígenas.

demonstrando enorme nervosismo Bolsonaro começou a comentar a pandemia. Por mais incrível que pareça, Bolsonaro desprezou as vacinas, disse que era contra a obrigatoriedade da vacinação – remando contra todos os governos que lutam para que suas populações se protejam do vírus -, defendeu o “tratamento precoce” e disse que não entendia como os cientistas e a imprensa de todo o mundo eram contrários.

O presidente brasileiro fez questão de dar o seu testemunho e invocou o Conselho Federal de Medicina. Não satisfeito, falou sobre a deliberação do Supremo Tribunal Federal sobre a “competência concorrente” de estados, municípios, Distrito Federal e a União no enfrentamento da pandemia. E para completar fez questão de dizer que o auxílio emergencial foi de 800 dólares!!!  800 dólares equivale a  R$ 4.240. Quem recebeu este valor?

Quando caminhava para o final, Bolsonaro não perdeu oportunidade para novamente disparar mais uma fala que costumado no cercadinho. Disse que as manifestações de Sete de Setembro tiveram como objetivo defender a democracia.

Defender a democracia? Advogando o fechamento do STF? Impondo a ditadura? Chamando o ministro Alexandre de Moraes de canalha? Dizendo que não cumpriria mais as decisões judiciais? O que é mesmo democracia?

Como Bolsonaro vive em um mundo do cercadinho,  o seu pronunciamento demonstrou mais uma vez que ele não tem a mínima condição de permanecer na Presidência da República. Hoje, o Brasil é um Estado-pária no mundo (uma nação cuja conduta é considerada fora das normas internacionais de comportamento por parte ou por toda a comunidade internacional). E a permanência no poder vai aprofundar o nosso isolamento internacional e agravar os graves problemas internos.

 O comportamento de Jair Bolsonaro, mais uma vez tiveram uma demonstração de que o presidente da República não arredou um centímetro da sua posição negacionista.
 
Leia a íntegra do discurso de Bolsonaro:

Senhor Presidente da Assembleia-Geral, Abdulla Shahid,
Senhor Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres,
Senhores Chefes de Estado e de Governo e demais chefes de delegação,
Senhoras e senhores,

É uma honra abrir novamente a Assembleia-Geral das Nações Unidas.
Venho aqui mostrar o Brasil diferente daquilo publicado em jornais ou visto em televisões.
O Brasil mudou, e muito, depois que assumimos o governo em janeiro de 2019.
 
Estamos há 2 anos e 8 meses sem qualquer caso concreto de corrupção.
O Brasil tem um presidente que acredita em Deus, respeita a Constituição e seus militares, valoriza a família e deve lealdade a seu povo.

Isso é muito, é uma sólida base, se levarmos em conta que estávamos à beira do socialismo.
Nossas estatais davam prejuízos de bilhões de dólares, hoje são lucrativas.
Nosso Banco de Desenvolvimento era usado para financiar obras em países comunistas, sem garantias. Quem honra esses compromissos é o próprio povo brasileiro.
Tudo isso mudou. Apresento agora um novo Brasil com sua credibilidade já recuperada.

O Brasil possui o maior programa de parceria de investimentos com a iniciativa privada de sua história. Programa que já é uma realidade e está em franca execução.
Até aqui, foram contratados US$ 100 bilhões de novos investimentos e arrecadados US$ 23 bilhões em outorgas.

Na área de infraestrutura, leiloamos, para a iniciativa privada, 34 aeroportos e 29 terminais portuários.
Já são mais de US$ 6 bilhões em contratos privados para novas ferrovias. Introduzimos o sistema de autorizações ferroviárias, o que aproxima nosso modelo ao americano. Em poucos dias, recebemos 14 requerimentos de autorizações para novas ferrovias com quase US$ 15 bilhões de investimentos privados.

Em nosso governo promovemos a volta do modal ferroviário.
Como reflexo, menor consumo de combustíveis fósseis e redução do custo Brasil, em especial no barateamento da produção de alimentos.
Grande avanço vem acontecendo na área do saneamento básico. O maior leilão da história no setor foi realizado em abril, com concessão ao setor privado dos serviços de distribuição de água e esgoto no Rio de Janeiro.

Temos tudo o que investidor procura: um grande mercado consumidor, excelentes ativos, tradição de respeito a contratos e confiança no nosso governo.
Também anuncio que nos próximos dias, realizaremos o leilão para implementação da tecnologia 5G no Brasil.
 
Nossa moderna e sustentável agricultura de baixo carbono alimenta mais de 1 bilhão de pessoas no mundo e utiliza apenas 8% do território nacional.
Nenhum país do mundo possui uma legislação ambiental tão completa.
Nosso Código Florestal deve servir de exemplo para outros países.

O Brasil é um país com dimensões continentais, com grandes desafios ambientais.
São 8,5 milhões de quilômetros quadrados, dos quais 66% são vegetação nativa, a mesma desde o seu descobrimento, em 1500.

Somente no bioma amazônico, 84% da floresta está intacta, abrigando a maior biodiversidade do planeta. Lembro que a região amazônica equivale à área de toda a Europa Ocidental.
Antecipamos, de 2060 para 2050, o objetivo de alcançar a neutralidade climática. Os recursos humanos e financeiros, destinados ao fortalecimento dos órgãos ambientais, foram dobrados, com vistas a zerar o desmatamento ilegal.

E os resultados desta importante ação já começaram a aparecer!
Na Amazônia, tivemos uma redução de 32% do desmatamento no mês de agosto, quando comparado a agosto do ano anterior.
Qual país do mundo tem a política de preservação como a nossa?
Os senhores estão convidados a visitar a nossa Amazônia!
O Brasil já é um exemplo na geração de energia com 83% advinda de fontes renováveis.

Por ocasião da COP-26, buscaremos consenso sobre as regras do mercado de crédito de carbono global. Esperamos que os países industrializados cumpram efetivamente seus compromissos com o financiamento de clima em volumes relevantes.
O futuro do emprego verde está no Brasil: energia renovável, agricultura sustentável, indústria de baixa emissão, saneamento básico, tratamento de resíduos e turismo.

Ratificamos a Convenção Interamericana contra o Racismo e Formas Correlatas de Intolerância.
Temos a família tradicional como fundamento da civilização. E a liberdade do ser humano só se completa com a liberdade de culto e expressão.
14% do território nacional, ou seja, mais de 110 milhões de hectares, uma área equivalente a Alemanha e França juntas, é destinada às reservas indígenas. Nessas regiões, 600.000 índios vivem em liberdade e cada vez mais desejam utilizar suas terras para a agricultura e outras atividades.

O Brasil sempre participou em Missões de Paz da ONU. De Suez até o Congo, passando pelo Haiti e Líbano.
Nosso país sempre acolheu refugiados. Em nossa fronteira com a vizinha Venezuela, a Operação Acolhida, do Governo Federal, já recebeu 400 mil venezuelanos deslocados devido à grave crise político-econômica gerada pela ditadura bolivariana.

O futuro do Afeganistão também nos causa profunda apreensão. Concederemos visto humanitário para cristãos, mulheres, crianças e juízes afegãos.
Nesses 20 anos dos atentados contra os Estados Unidos da América, em 11 de setembro de 2001, reitero nosso repúdio ao terrorismo em todas suas formas.

Em 2022, voltaremos a ocupar uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU. Agradeço aos 181 países, em um universo de 190, que confiaram no Brasil. Reflexo de uma política externa séria e responsável promovida pelo nosso Ministério de Relações Exteriores.

Apoiamos uma Reforma do Conselho de Segurança ONU, onde buscamos um assento permanente.
A pandemia pegou a todos de surpresa em 2020. Lamentamos todas as mortes ocorridas no Brasil e no mundo.
Sempre defendi combater o vírus e o desemprego de forma simultânea e com a mesma responsabilidade. As medidas de isolamento e lockdown deixaram um legado de inflação, em especial, nos gêneros alimentícios no mundo todo.

No Brasil, para atender aqueles mais humildes, obrigados a ficar em casa por decisão de governadores e prefeitos e que perderam sua renda, concedemos um auxílio emergencial de US$ 800 para 68 milhões de pessoas em 2020.
Lembro que terminamos 2020, ano da pandemia, com mais empregos formais do que em dezembro de 2019, graças às ações do nosso governo com programas de manutenção de emprego e renda que nos custaram cerca de US$ 40 bilhões.

Somente nos primeiros 7 meses desse ano, criamos aproximadamente 1 milhão e 800 mil novos empregos. Lembro ainda que o nosso crescimento para 2021 está estimado em 5%.
Até o momento, o Governo Federal distribuiu mais de 260 milhões de doses de vacinas e mais de 140 milhões de brasileiros já receberam, pelo menos, a primeira dose, o que representa quase 90% da população adulta. 80% da população indígena também já foi totalmente vacinada. Até novembro, todos que escolheram ser vacinados no Brasil, serão atendidos.

Apoiamos a vacinação, contudo o nosso governo tem se posicionado contrário ao passaporte sanitário ou a qualquer obrigação relacionada a vacina.
Desde o início da pandemia, apoiamos a autonomia do médico na busca do tratamento precoce, seguindo recomendação do nosso Conselho Federal de Medicina.

Eu mesmo fui um desses que fez tratamento inicial. Respeitamos a relação médico-paciente na decisão da medicação a ser utilizada e no seu uso off-label.
Não entendemos porque muitos países, juntamente com grande parte da mídia, se colocaram contra o tratamento inicial.
A história e a ciência saberão responsabilizar a todos.

No último 7 de setembro, data de nossa Independência, milhões de brasileiros, de forma pacífica e patriótica, foram às ruas, na maior manifestação de nossa história, mostrar que não abrem mão da democracia, das liberdades individuais e de apoio ao nosso governo.
Como demonstrado, o Brasil vive novos tempos. Na economia, temos um dos melhores desempenhos entre os emergentes.

Meu governo recuperou a credibilidade externa e, hoje, se apresenta como um dos melhores destinos para investimentos.
É aqui, nesta Assembleia Geral, que, vislumbramos um mundo de mais liberdade, democracia, prosperidade e paz.
Deus abençoe a todos.

O  Itiruçu faz a maior campanha já vista no município. A Campanha "A Semana da Saúde Visual"  promovida pela Prefeitura de Itiruçu e a secretaria de Saúde em parceria com a Associação "Olhar pelo Próximo", realizará exame de vista gratuitamente para toda população.  Nesta terça-feira iniciou a marcação das consultas  quando centenas de pessoas estavam no centro de Artesanato aguardando sua vez. 

Além da marcação da consulta, os presente participam de uma palestra de conscientização sobre a saúde visual realizadas pela equipe da Associação "Olhar pelo Próximo".

A Associação Olhar pelo Próximo tem sede no estado de Goiás e foi criada com o intuito de beneficiar a população carente por meio de uma estrutura completa de exames e consultas oftalmológicas. Para isso, a Associação conta com profissionais altamente capacitados que atendem os mais diversos casos e complexidades.

A marcação das consultas vão até o dia  25,  no Centro de Artesanato, na Praça Gilberto Scaldaferri. Os atendimentos serão das 8h00 às 11h30 e de 14hs00min, às 16h30min. Serão obrigatório apresentar documentos de identificação RG, CPF, numero de telefone e comprovante de residência. A marcação da consulta também aconteceu no distrito de Upabuçu

No ato da consulta as pessoas ficam sabendo o dia e horário que receberá o atendimento.  Lembrando que os exames de vista, avaliações oftalmológicas e teste do olho são gratuitos .  No caso do exames de vista  a armação e lentes fica a critério da pessoa para comprar aonde for mais acessível ou desejar.


Parecer de juristas enviado à CPI da Covid apontou sete crimes de Bolsonaro na pandemia e pediram o impeachment do presidente. 

O grupo de juristas coordenado pelo ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior apontou à CPI da Covid, no Senado, que cabe uma ação de impeachment por crime de responsabilidade contra Bolsonaro no enfrentamento à pandemia. 

Ao todo, os juristas identificaram sete tipos de crimes cometidos pelo presidente. Além de infringir a Lei do Impeachment, Bolsonaro cometeu crimes contra a saúde pública (charlatanismo, infração de medida sanitária e epidemia), contra a administração pública (prevaricação), contra a paz pública (incitação ao crime) e contra a humanidade. 

O documento apontou que há “farto material probatório” produzido pelo colegiado para responsabilizar criminalmente o presidente Jair Bolsonaro e os integrantes de seu governo. Além de Reale Jr, assinaram o parecer os juristas Sylvia H. Steiner, Helena Regina Lobo da Costa e Alexandre Wunderlich.
O quarto filho do presidente Jair Bolsonaro usou seu perfil no Instagram nesta segunda-feira, 20, para provocar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, mostrando uma imagem com cerca de 10 armas. "Aloooo CPI kkkkk", escreveu Jair Renan Bolsonaro. A provocação gerou reações entre os integrantes da comissão. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) afirmou ter apresentado um requerimento de convocação de Jair Renan para prestar depoimento, "para que ele possa dar pessoalmente um alô para a CPI". 
O parlamentar quer que o filho do presidente fale sobre seu vínculos com o lobista Marconny Faria "e supostas ameaças a parlamentares". 

Faria é investigado pela CPI por suspeita de lobby para a empresa Precisa Medicamentos junto ao Ministério da Saúde. "A lei vale para todos", afirmou o senador. O senador Rogério Carvalho (PT-SE), suplente da CPI da Covid, afirmou em sua rede social que vai levantar uma questão de ordem contra a provocação.

 "Nós não estamos de brincadeira, e não vamos aceitar ameaças veladas. Já chega de molecagem com incitação à violência", afirmou.

Em dois "stories", o filho do presidente aparece visitando uma loja de "um grande amigo". "Sabe o que o cara vende? Arma. Brinquedo", disse, aos risos. Ao mostrar a imagem do amigo, ele escreveu "Alooo CPI kkkk" e identificou a loja pelo nome. 

Jair Renan é filho de Bolsonaro e da advogada Ana Cristina Valle. Na semana passada, a CPI aprovou requerimento para convocação da mãe de Jair Renan. O motivo é a relação dela com o advogado Marconny Albernaz Faria, investigado sob suspeita de ter atuado como lobista da Precisa Medicamentos - a empresa fechou contrato bilionário com o Ministério da Saúde para vender vacinas. O depoimento ainda não foi marcado. Segundo o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Faria demandou a ex-mulher de Bolsonaro por duas vezes em questões relacionadas ao governo. 

Em uma delas, afirmou o parlamentar, o advogado pediu uma “atenção especial” para um caso de investigação de corrupção. Em outra, solicitou interferência para um cargo público. 

Ana Cristina é mãe de Jair Renan, o quarto filho do presidente, com quem Faria também admitiu ter uma relação de amizade. Ana Cristina e Jair Renan moram hoje em Brasília. Em uma segunda oportunidade, o advogado recorreu à ex-mulher de Bolsonaro para influenciar a nomeação ao cargo de chefe da Defensoria Pública da União (DPU). O candidato apoiado por Faria era o defensor público Leonardo Cardoso. 

“O detalhamento vai ao nível de escolher se o pedido vai por e-mail, vai por mensagem, que é mais pessoal. Vai ao detalhe de tentar atacar os adversários na corrida pela nomeação, dizendo que são de esquerda”, relatou Alessandro Vieira.
 
Questionado por Vieira se conhecia Cardoso, o advogado disse, primeiro, que não. Depois voltou atrás. “Estive com ele uma vez”, afirmou Faria. 
Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE




 Gilnar