Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Mineradora descobre mais Vanádio em Maracás

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 18 de junho de 2019 - 0 Comentários


Reportagem no Correio da Bahia revelaram que os resultados de novas sondagens feitas pela Largo Resources ampliaram a potencialidade do depósito mineral de vanádio de Novo Amparo Norte, em Maracás (a 374 km de Salvador). O depósito já era conhecido, mas foi melhor estudado a partir dos planos de expansão da produção do metal raro que em todas as Américas só é extraído na Bahia. Segundo o presidente da empresa no Brasil, Paulo Misk, os estudos indicam que o depósito tem capacidade de produção de 23,5 milhões de toneladas. Até então, o volume estimado de vanádio para a área era de 9,8 milhões.

Para se chegar a esse grau de conhecimento foram realizados 88 furos (total de 12,9 mil metros de perfurações) no método sonda diamantada. O próximo passo da empresa é o de definir um plano de exploração. Misk diz que são duas as opções à mesa. A primeira é a de ampliar a produção atual e a segunda é a de explorar a reserva depois de esgotadas as que já são exploradas atualmente. "A segunda é a mais provável", garantiu ele, lembrando que os preços do material se estabilizaram este ano após se elevarem substancialmente em 2018. Neste caso, o novo depósito representa a ampliação da vida útil da Vanádio Maracás em  9 anos, ou seja, até 2049. A Novo Amparo Norte fica a cerca de 6 km da cava da Campbell, mina atualmente explorada pela empresa.

A produção de vanádio em Maracás começou em 2014. A capacidade atual é de 800 toneladas por mês. No ano passado, devido às condições de mercado, foi iniciado projeto de expansão, para ampliar a produção para 1 mil toneladas por mês. As obras estarão concluídas em julho. A ampliação consumiu investimentos de US$ 16 milhões e o número de empregos diretos subiu de 383 para 473 trabalhadores.

O vanádio é um metal raro que dá mais força, resistência e flexibilidade ao aço, inclusive diminuindo os custos de produção deste último. E é usado, entre outras aplicações, na indústria aeroespacial. Cerca de 60% da produção mundial do metal está concentrada na China.

A mina em Maracás faz do Brasil  o quarto maior produtor mundial. Mas o vanádio encontrado em Maracás é apontado como o de maior teor de pureza do mundo. A unidade da Largo Resources, além de extrair o vanádio da terra, faz vários beneficiamentos ao mineral, para transformá-lo – na própria unidade - em pentóxico de vanádio (v2O5).

A reserva da mina de Maracás da Largo Resources possui um importante diferencial competitivo: a alta concentração de vanádio, que é duas vezes maior que a encontrada nas minas da África do Sul, maior produtor mundial. A planta de Maracás representa de 8 a 10% do que é produzido no mundo.

`` A mineração é só 30% dos custos que temos na nossa operação´´, afirma Misk. Toda a produção é exportada, mas o presidente da empresa afirmou que a partir do ano que vem poderá também vender para o mercado interno.


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE